Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< EDITORIAL Sem mais conversa fiada

Publicada em 23/09/2020 às 22:13
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Apesar de há muito se falar a respeito, até hoje ninguém tomou nenhuma providência efetiva para a recuperação e reabertura das antigas dependências da Oficina Cultural 'Grande Otelo', que funcionava no histórico prédio do Fórum Criminal de Sorocaba, na praça Frei Baraúna, na área central da cidade. Não se ouve nada de mais animador por parte do governo do Estado e da Prefeitura em torno da recuperação do prédio que está totalmente sucateado por dentro e por fora, não servindo para nada apesar de sua excelente localização. Näo se vê qualquer tipo de empenho para se resolver um problema que desagrada a população sorocabana por mais de dois anos. Até agora, todas as providências que foram prometidas não saíram do papel, transformando-se tudo em muita conversa fiada. 

O que se observa neste caso é uma tremenda falta de vontade política por parte do Palácio dos Bandeirantes e do Palácio dos Tropeiros, sabendo-se que a prefeita Jaqueline Coutinho deveria se empenhar muito mais para resolver essa questão. Infelizmente, tudo acaba se tornando mais complicado quando o desinteresse político e a má vontade se sobrepõem aos interesses da população. Não se pode cruzar os braços e deixar que tudo permaneça no mesmo lugar.  
"Além da prefeita, também os vereadores e deputados da cidade deveriam cobrar de maneira mais contundente  junto ao governador  João Doria uma solução urgente para este problema"  

Fazendo parte do patrimônio histórico da cidade, as dependências do antigo Fórum estão entregues ao deus-dará, sucateadas cada vez mais a cada dia e só usado por moradores de rua, dependentes de drogas e outros desocupados, conforme o DIÁRIO publicou na semana passada. O que falta é uma reação mais positiva por parte dos políticos e governantes no sentido de se dar respostas à altura aos reclamos populares.

Não só neste caso, mas também em muitos outros problemas, é preciso que realmente sejam desengavetadas soluções efetivas para todos eles. A experiência mostra que, sem uma forte determinação dos poderes públicos nada se resolverá tão cedo, exatamente como ocorre com a transferência definitiva do antigo prédio do Fórum para Sorocaba.

É importante destacar que não se trata de exigir a liberação de recursos financeiros por parte dos cofres públicos, mas simplesmente de transferir para a Prefeitura um prédio histórico que há muito já se transformou em um patrimônio de Sorocaba. Além da prefeita, também os vereadores e deputados da cidade deveriam cobrar de maneira mais contundente junto ao governador João Doria uma solução urgente para este problema.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar