Sexta-Feira, 18 de Setembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍCIA Policiais do tráfico vão para presídio militar

Publicada em 10/09/2020 às 21:19
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
Depois de passarem encarcerados na noite de quarta para quinta-feira, os 10 policiais militares de Sorocaba presos por participarem de crimes com traficantes de drogas da cidade, foram encaminhados para o presídio militar "Romão Gomes", localizado na Capital paulista, onde passaram por audiência de custódia. No total, seis cabos e quatro soldados foram presos na quarta-feira (9), durante uma operação conjunta do Comando da Polícia Militar e a Corregedoria. Eles são acusados de tráfico de drogas, prevaricação (quando o agente público deixa de realizar o ato do ofício), associação criminosa, sequestro, roubo, corrupção e concussão (quando exige vantagem indevida). Em vez de prenderem traficantes em bairros de Sorocaba, os PMS faziam negociação para acobertar a venda, a popular "vista grossa", e assim pegavam dinheiro, armas e até drogas dos bandidos. Os PMs usavam o trabalho de inteligência da polícia para praticar os crimes, e as cifras envolvidas podem chegar à casa dos milhões de reais.

Os PMs atuavam junto aos criminosos em trajes civis e até mesmo fardados. Em 2018, a Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Sorocaba prendeu dois homens que se disfarçavam de policiais ao usar o uniforme e outros itens da PM. Eles cobravam propina de traficantes, e conseguiam cerca de R$ 300 mil por mês, do comando do tráfico de drogas na região do Jardim Itapemirim. As investigações da Dise em cima dos dois resultou na operação de quarta, depois de ter passado pelo Tribunal de Justiça Militar, o que culminou na revelação que a dupla era apenas um braço menor da organização dos 10 PMs do tráfico. Todos os PMs trabalhavam no 7BPMI, patrulhando as ruas de Sorocaba.

Além dos mandados de prisão preventiva contra os 10PMs, foram expedidos mandados de busca e apreensão nas residências os acusados. Três civis também foram alvos da operação, que contou com o apoio da Polícia Civil de Sorocaba.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar