Sexta-Feira, 18 de Setembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< POLÍCIA Mais de 300 pessoas são presas em ação da polícia contra crime

Publicada em 25/08/2020 às 20:20
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
A Polícia Civil prendeu, até o início da tarde desta terça-feira (25), 311 pessoas envolvidas em roubo, receptação e latrocínio (matar para roubar) foragidos da Justiça em todo o Estado do Rio.  

As investigações da “Operação Espoliador 3” apontam que grande parte dos roubos praticados no Estado são patrocinados por organizações criminosas de tráfico de drogas. Na ação, quatro homens morreram em confronto com a polícia, três deles em Resende, no sul fluminense, e outro no Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os mortos tinham pedidos de prisão, expedidos pela Justiça, por roubos de carga no Estado. Houve, também, apreensão de carros de luxo e armas em poder dos criminosos.

De acordo com o subsecretário de Planejamento e Integração Operacional da Secretaria de Polícia Civil, Felipe Curi, está sendo feito um combate frontal ao crime organizado, principalmente a questão dos roubadores. “ Isso vai se refletir na queda dos índices, que já vêm caindo vertiginosamente desde 2019 em todo o Estado", avaliou.

O secretário de Polícia Civil, delegado Flávio Marcos Amaral de Brito, disse que as ações não foram realizadas em comunidades, devido a uma determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), do dia 18 deste mês, que decidiu impor novas restrições para operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro. A decisão limita o uso de helicópteros, determina a preservação de vestígios de crimes e proíbe o uso de escolas e unidades de saúde como bases operacionais das polícias Civil e Militar.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar