Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< EDUCAÇÃO Governo de SP vai publicar cronograma de volta às aulas Aulas poderão ser retomadas a partir do dia 7 de outubro

Publicada em 19/08/2020 às 21:29
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
O Estado chegou ontem à marca de 721.377 confirmações de Covid-19 (Foto: Agência Brasil)
O governo de São Paulo vai publicar ainda nesta semana, em "Diário Oficial", o decreto com o cronograma de volta às aulas presenciais em todo o Estado. Segundo o governo, o decreto não trará mudanças ao que já foi anunciado anteriormente, ou seja, as aulas presenciais poderão ser retomadas a partir do dia 7 de outubro. No entanto essa data só será mantida se todo o Estado estiver na Fase 3 – Amarela do Plano São Paulo; 80% das regiões precisarão estar há 28 dias nessa fase e, o restante, há pelo menos 14 semanas nessa etapa. Com a publicação do decreto, cada um dos 645 municípios do Estado terá autonomia para decidir se vai ou não acompanhar o cronograma previsto pelo governo estadual. 

Se um prefeito, por exemplo, decidir não adotar o cronograma estadual, a medida poderá valer para todas as escolas daquela cidade, seja elas municipais, estaduais ou privadas. No entanto nenhum município do Estado poderá reabrir escolas antes do prazo previsto pelo governo paulista. O decreto também trará a previsão de que as unidades escolares reabram, de forma opcional, para atividades de reforço ou de acolhimento de alunos, a partir do dia 8 de setembro. Contudo, para que isso ocorra, essas escolas deverão estar localizadas em regiões que estiverem na Fase 3 - Amarela do Plano São Paulo há 28 dias.

Na Capital paulista, que está há mais de 28 dias na Fase Amarela, já cumprindo os requisitos para a volta às aulas de reforço a partir do dia 8 de setembro, o prefeito Bruno Covas informou na terça-feira (18) que não vai adotar o calendário do governo estadual e que ainda vai avaliar se será possível o retorno às aulas presenciais em outubro. Os protocolos para retomada preveem que as escolas recebam, no início do retorno às aulas, apenas 35% dos alunos em atividades presenciais, e mantendo distanciamento mínimo de 1,5 m. As aulas presenciais na rede estadual de São Paulo estão suspensas desde o dia 23 de março.

CASOS - Com 9.847 casos registrados em 24 horas, o Estado de São Paulo chegou nesta quarta-feira (19) à marca de 721.377 confirmações de Covid-19. Em um dia, foram contabilizadas 276 mortes, totalizando agora 27.591 óbitos. Há 5.285 pessoas internadas em todo o Estado em unidades de terapia intensiva (UTI) em casos suspeitos ou confirmados do novo Coronavírus, assim como 7.037 em enfermaria. A taxa de ocupação de leitos de UTI no Estado está em 57,2% e, na Grande São Paulo, em 55,2%. Do total de casos diagnosticados, 524.727 pessoas estão recuperadas.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar