Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Município tenta evitar enchentes de verão na Marginal Saae testa estações de bombeamento de água pluvial na avenida Dom Aguirre

Publicada em 08/10/2019 às 11:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) promoveu, na última semana, a checagem completa das quatro estações de bombeamento de água de chuva que reduzem alagamentos ao longo da avenida Dom Aguirre. A operação faz parte dos preparativos para o período de chuvas que se intensificam no verão. A inspeção e testes constataram que as quatro estações elevatórias instaladas às margens do rio Sorocaba estão prontas para atender eventuais necessidades.
Essas estações elevatórias são estruturas complexas compostas por poço de sucção da água pluvial, bombas/painéis de acionamento e geradores de energia elétrica, que garantem o funcionamento caso haja queda de energia. As bombas são acionadas automaticamente assim que o nível da água no poço de sucção atinge determinada altura e também permitem ligá-las manualmente pelos painéis de acionamento.
O diretor geral do Saae, Mauri Pongitor, explicou que a função das estações é bombear para o leito do rio todo o volume de água da chuva captado pelo sistema de drenagem em pontos que estão em cota mais baixa do que a margem do rio. Os sistemas estão instalados em quatro pontos estratégicos ao longo do rio, próximo à avenida Juvenal de Campos, nas proximidades da ponte da rua XV de Novembro, na praça Lions e na bacia de contenção do Jardim Abaeté, ao lado do Parque das Águas.
Os testes visuais e de averiguação são feitos ao menos a cada quinze dias, enquanto o teste completo realizado agora demanda a inserção de água no poço de sucção das estações elevatórias para a verificação do sistema funcionando na prática. O teste em uma das estações demanda, inclusive, a interdição da pista expressa da Marginal.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar