Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< BRT começa a liberar avenida Itavuvu dos tapumes Equipes já trabalham na pavimentação e nas estações da Itavuvu, assim como no Terminal Vitória Régia e na requalificação dos passeios. Novos abrigos são implantados na avenida General O

Publicada em 23/09/2019 às 20:15
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

As obras do BRT (Bus Rapid Transit), novo sistema de transportes da cidade com previsão de início efetivo de operações até o final do ano que vem, prosseguem e, nesta semana, mais alguns trechos da avenida Itavuvu, na Zona Norte, por onde começa ele a ser implantado e que estão com tapumes, causando inclusive desconfortos ao trânsito, pedestres e comerciantes da área, serão liberados para melhorar a fluidez do tráfego no primeiro quilômetro do corredor. Em breve, informa também a concessionária, dará início aos trabalhos noturnos que intensificarão o ritmo do projeto, conforme acordado com a Prefeitura. Para a implantação do Sistema BRT, já foram investidos cerca de R$ 30 milhões até o momento, empregando cerca de 240 funcionários diretos.

No Corredor Itavuvu, trecho que concentra o maior volume de obras, estão sendo realizados, no momento, os serviços de pavimento rígido de concreto, nova faixa de circulação exclusiva do BRT. A concessionária também está dando continuidade às fundações das estações Dr. Pitico, Professor Lauro Sanches, Vila Carol, Jardim Paraná e Los Angeles. Inclusive, agora já é possível ver a montagem das estruturas metálicas das futuras estações UPH Zona Norte, Dr. Pitico e Professor Lauro Sanches.

Além disso, também prossegue a execução dos serviços no Terminal Vitória Régia. Recentemente, foram finalizadas as atividades de terraplanagem e blocos de fundação, além dos serviços iniciais de pavimentação. Em paralelo, outras equipes estão trabalhando na requalificação de calçadas e implantação de onze novos abrigos no Corredor Estrutural da avenida General Osório.

Segundo o diretor-presidente da concessionária BRT Sorocaba, José Henrique de Ávila, as obras seguem, assim, em ritmo cada vez mais intenso. “Entre setembro/18 e abril/19, houve um esforço muito grande para identificar as interferências subterrâneas e acordar com os órgãos responsáveis o que seria feito para cada rede aérea, tubulação ou estrutura enterrada existente. Após todo este trabalho com as interferências, somente a partir de 26 de abril iniciamos as atividades de pavimentação, fundações das estações e o terminal. Agora, com pouco mais de quatro meses, de maio a agosto, quase dois quilômetros de um novo corredor de ônibus foram construídos na avenida Itavuvu. Já dá para começar a ver e entender o que está sendo construído. Ainda temos muito a fazer, mas a fase inicial e de adaptação já passou. Agora, seguimos avançando”, reforça ele.

 

O BRT SOROCABA - Ao final do projeto, a população terá a comodidade de acessar 28 estações preferenciais, quatro estações de integração, três novos terminais e 96 pontos de parada, permitindo ainda a integração com os terminais Santo Antônio e São Paulo, no Centro; as seis áreas de transferências e a integração temporal entre diferentes linhas.

Quando em operação, o Sistema BRT deverá realizar deslocamentos de forma mais eficiente dentro do serviço de transporte coletivo urbano em Sorocaba, monitorando os ônibus e reduzindo o tempo de espera e de viagem. Os usuários do transporte poderão também acompanhar por meio de painéis informativos nos terminais, estações preferenciais BRT e nos abrigos de parada quanto tempo falta para a chegada do veículo.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar