Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Encontro de expressivos músicos visita repertório de Elis Regina

Publicada em 09/09/2019 às 20:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)

Sábado próximo, dia 14, continuando as apresentações gratuitas da 13ª Temporada de Música Instrumental Brasileira de Sorocaba, o Teatro Municipal, no Parque da Boa Vista, recebe, às 20h30, novo espetáculo imperdível da série de 2019, possibilitando, desta feita, o encontro dos expressivos músicos Tiago Costa (piano) Fi Maróstica (contrabaixo e arranjos) e Jonatas Sansão (bateria), com a cantora Vanessa Moreno visitando o repertório de Elis Regina, a ‘Pimentinha’, imortal ícone da MPB, em especial do movimento da Bossa Nova, uma de suas inspirações musicais. Retirada dos ingressos a partir das 19 horas, na própria bilheteria do Municipal, no dia da apresentação.

Passando por canções como 'Aprendendo a Jogar', 'Agora tá', 'Querelas do Brasil' e 'Se eu quiser falar com Deus', Vanessa Moreno nesse show passeia por algumas das várias fases da carreira de Elis, em arranjos jazzísticos, com muita improvisação, leveza e brasilidade. "Visitar as canções imortalizadas pela voz dessa intérprete ímpar é de uma alegria sem tamanho. Ouvir Elis é sentir a força, o carisma, o suingue, a intensidade, a entrega e tantas outras profundidades e complexidades presentes no seu cantar e no seu viver. Além de tudo isso, sinto na sua forma de fazer música uma ousadia e um frescor que me encantam. Vamos celebrar Elis!", antecipa Vanessa acerca de sua aguardada apresentação no sábado em Sorocaba.

A 13ª Temporada de Música Instrumental Brasileira de Sorocaba/Projeto ‘Metso Cultural’ foi idealizada e é organizada pela MdA International, com curadoria do pianista sorocabano Marco de Almeida.

 

VANESSA MORENO E SEUS PARCEIROS – A cantora Vanessa Moreno, são-bernardense, iniciou seus estudos musicais aos 15 anos de idade por intermédio do violão e, a partir de então, vem construindo uma considerável trajetória como intérprete e compositora, repleta de experiências em diferentes vertentes musicais. Integrou o quarteto vocal Karallargá, participando de vários festivais pelo Brasil e registrando o CD ‘Karallargá por Natureza’, e participou, entre outros, do projeto ‘Saraivada’, de Chico Saraiva (Prêmio Visa’2009), ao lado do percussionista Ari Colares, e de diversas gravações e shows com expressivos nomes da música brasileira, como Gilberto Gil, Roberto Menescal, Rosa Passos, Fabiana Cozza, Chico Pinheiro, Sérgio Santos, Swami Jr., Arismar do Espírito Santo e Toninho Ferragutti.

Com o contrabaixista Fi Maróstica, desenvolve hoje um trabalho em duo, com dois discos lançados: ‘Vem Ver’ (2013) e ‘Cores Vivas - Canções de Gilberto Gil’ (2016), que ganharam, inclusive, versões japonesas e foram apontados como destaques da música brasileira em Tóquio. Vanessa é bacharel em Canto Popular pela Faculdade Souza Lima & Berklee e desenvolve também alguns trabalhos como educadora, ministrando workshops de Canto Popular em festivais pelo Brasil afora, além de fazer parte do corpo docente da Escola do Auditório Ibirapuera, que tem como diretor artístico e pedagógico o músico e arranjador Nailor Proveta.

Ao seu lado, estarão nesse encontro inusitado Fi Maróstica, contrabaixista, natural da cidade de Ourinhos (SP), com 33 anos de idade e que tem em sua trajetória uma grande bagagem de trabalhos em diversas vertentes musicais igualmente, além de dividir o palco e gravações com artistas como Antônio Nóbrega, Fabiana Cozza, Hermeto Pascoal, Toquinho, Arismar do Espírito Santo, Renato Braz, Verônica Ferriani, Elza Soares, Wilson das Neves, Hamilton de Holanda, Pedro Altério, Tó Brandileone e Dani Black e já ter excursionado por diversos países, como Uruguai, Argentina e Paraguai, e em 2017 participado da turnê "Dani Gurgel e Novos Compositores - feat. DDG4, Tó Brandileone e Conrado Goys" pelo Japão.

Já Tiago Costa iniciou seus estudos musicais aos 7 anos e formou-se em Música pela Universidade Estadual de São Paulo (USP). Desde então, vem atuando profissionalmente como pianista e arranjador com inúmeros nomes da música brasileira, como Chico Pinheiro, Lea Freire, Maria Rita, Lenine, Rosa Passos, Dori Caymmi, Joyce, Sérgio Santos, Leila Pinheiro, Leo Gandelman e César Camargo Mariano, atuando como arranjador e com seu trabalho executado por várias orquestra, com destaque à Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Jazz Sinfônica e Orchestre National D’ile de France, além de cantores consagrados; ao lado de Maria Rita, participou como pianista e arranjador do disco de estreia da cantora, assim como nos discos ganhadores do Grammy, ‘Segundo’ e ‘Redescobrir’. Jonatas Sansão, por sua vez, teve seu primeiro contato com a bateria aos 8 anos e logo iniciou seus estudos na Fundação das Artes, em São Caetano do Sul. Aos 12 anos, tornou-se baterista da Big Band FASCS, sob a regência do maestro Antônio Carlos Neves Pinto. Em 2006, foi convidado para participar de workshop sobre improvisação com o trombonista Vincent Gardner (Lincoln Center Jazz Orchestra) e, com 15 anos, começou a atuar na noite paulistana, se destacando com seu talento, técnica e versatilidade. Hoje é um dos bateristas mais requisitados e vem participando de diversos festivais, acompanhando diferentes artistas, fazendo gravações e tocando com os principais músicos do Brasil e do Exterior, como Arismar e Thiago do Espírito Santo, Sandro Haick, Kiko Loureiro, Gabriel Grossi, Yaniel Matos (Cuba), Beto Salvador, Hector Costita (Argentina) e Walmir Gil.

Atualmente, Jônatas Sansão integra e participa de diversos grupos e projetos, como Alexandre Mihanovich Trio, SoundScape Big Band, Luiz Mello Quinteto, Gabriel Grossi Quarteto, Daniel Maudonnet Noneto, Ricardo Castellanos Trio (Cuba), Blessed Jazz, Septeto S/A (Mauricio de Souza, Daniel D’Alcântara, Vitor Alcântara e Carlos Alberto Alcântara, Débora Gurgel e Sidiel Vieira), Yaniel Mattos Quarteto e Michel Leme Trio. Recentemente, gravou o Dvd ‘Kiko Loureiro’- White Balance’ e Cds ‘Daniel Maudonnet Noneto – Pescador’, ‘Gabriel Grossi – Urbano’, ‘Alexandre Mihanovich’ e ‘Michel Leme’- Jazz Terror’.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar