Domingo, 15 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ‘Cartão Alimentação’ beneficia 29 famílias

Publicada em 19/08/2019 às 12:53
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Secom/Eduardo Sorrilha)
A véspera de aniversário de Sorocaba (14), foi marcada por muita emoção e alegria para 29 famílias que são assistidas pelos Centro de Referência e Assistência Social – Cras, espalhados pela cidade, pois a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (Sias), fez o relançamento do benefício “Cartão Alimentação”. O cartão tem como objetivo melhorar a qualidade de vida de famílias cadastradas que estão em situação de vulnerabilidade social.
 
O projeto, que pretende beneficiar ao todo 1.265 famílias até o final de agosto, foi criado a partir da lei municipal nº 10.717/2014, que trata do vale-alimentação e foi reformulado pela equipe da Sias, trazendo mais autonomia as famílias, como conta Jefferson Calixto, secretário da pasta. “O cartão veio para reformular o antigo sistema de cestas básicas que além de ser dificultoso o transporte, expunha a vulnerabilidade da família. O cartão – que tem o valor mensal de 100 reais – é mais discreto e adequado pois a família pode comprar o que mais necessita”, explica o secretário.
 
“Esse benefício dá a chance de um recomeço para todas essas famílias”, diz Cláudia Martinez, coordenadora do Cras – São Bento.
 
Mas o que isso representa na prática? As histórias de Manuela Santos e Fabiana Ferreira, assistidas pelo Cras – Ipiranga, resumem: “Este cartão veio no melhor momento para minha família, pois estou no trabalho informal, meu marido acamado… Esse benefício veio para me salvar”, conta ela de forma emocionada.
 
Já Fabiana não escondeu a felicidade. Disse que sustenta sua família com R$ 300 mensais. “Esse cartão é uma bênção”, resume e completa: “Espero me reestabelecer em breve e poder devolver esse cartão, para que ele possa ajudar outro que precise.”
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar