Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Marília Mendonça, Melim e Dilsinho são nomes confirmados para a 40ª Festa Junina de Sorocaba

Publicada em 30/05/2019 às 12:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)

A tradicional Festa Junina Beneficente de Sorocaba já tem data para acontecer. A quadragésima edição do evento, que começou pequeno em área defronte ao Estádio Municipal, no bairro de Santa Rosália, hoje praça da Amizade, em 1979, acontece de 27 de junho a 21 de julho no Parque das Águas, no Jardim Abaeté, trecho final da avenida Dom Aguirre. Com o tema ‘O Arraiá da Família', a festa promete agitar o calendário junino da cidade, com shows musicais, parque de diversões e a famosa praça de alimentação, a cargo de entidades filantrópicas locais. A realização fica por conta da Afejubes (Associação das Entidades Participantes da Festa Junina Beneficente de Sorocaba) e apoio da Prefeitura local.

Grandes nomes da música brasileira já estão confirmados para a Festa, conforme confirmaram os organizadores nesta quarta-feira (29). Os destaques ficam por conta de Marília Mendonça, Melim, Dilsinho, Sorriso Maroto, Maneva, Capital Inicial e Suellen Santos. O calendário completo com as datas será divulgado em breve.

 

OS INGRESSOS - A entrada para a Festa Junina Beneficente de Sorocaba deste ano custará R$ 3 em dias normais (meia-entrada) e a partir de R$ 10 em dias com grandes shows (meia-entrada). Nas quartas-feiras, a entrada será solidária: para ter acesso, basta levar um quilo de alimento não perecível (exceto sal e açúcar). Os ingressos estarão disponíveis em breve também através do site aloingressos.com.br e em pontos de venda espalhados pela cidade. 

Diferentemente dos anos anteriores, as apresentações musicais serão realizadas em um único palco. O espaço tem capacidade para até 12 mil pessoas e será todo coberto. Para este ano, 33 entidades assistenciais serão responsáveis pelas barracas de comidas e bebidas típicas, além do estacionamento oficial. A renda arrecadada com a venda dos produtos será totalmente revertida para as próprias instituições, que inclui paróquias, creches, abrigos, asilos, etc.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar