Sexta-Feira, 6 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SOROCABA Tradicional Bênção das Rosas reúne quase 4 mil fiéis na Paróquia de Santa Rita Devotos aglomeraram-se inclusive na parte externa da igreja matriz da Vila Santana

Publicada em 23/05/2019 às 18:28
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Jéssica Santos)
Esperada por fiéis da região e de diferentes partes do Estado de São Paulo, a tradicional Bênção das Rosas, em honra de Santa Rita de Cássia, que ocorreu nesta quarta-feira (22), ao meio-dia, na paróquia dedicada à santa e localizada na Vila Santana, reuniu quase quatro mil devotos. Com bancos e corredores lotados e tomados pela emoção, o fiel que não conseguiu participar da celebração na parte interna da igreja, pôde acompanhar tudo por um telão, na parte externa, onde também se aglomeraram centenas de pessoas.
 
A festa, que neste ano teve o tema “Com Santa Rita anunciaremos o Evangelho da alegria”, foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Sorocaba, dom Julio Endi Akamine, SAC, que, durante a celebração, recordou-se da história de Santa Rita enfatizando seu exemplo enquanto mulher forte, piedosa e perseverante na fé. “Santa Rita é querida por milhares de fiéis devido à identificação natural que eles têm com ela, que passou por muitas dificuldades, primeiramente na própria família, o que é comum também com alguns cristãos. Santa Rita é modelo porque enfrentou todas as dificuldades sempre com a fé muito firme, junto à união com Cristo, muito profunda”, ressaltou o arcebispo reforçando que ver a igreja cada vez mais cheia, fora a tamanha alegria, é também senso de responsabilidade. 
 
“Ver a igreja cada vez mais cheia, ao mesmo tempo em que é uma alegria receber tantas pessoas, é também responsabilidade. Sabendo que as pessoas buscam a Palavra de Deus e desejam receber a sua graça, nós nos empenhamos para que possamos transmitir, de fato, aquilo que é a Palavra, e junto dos fiéis suplicar a graça por intercessão de Santa Rita”, explicou. 
Santa Rita de Cássia ou Santa das causas impossíveis, como é conhecida, nasceu em Rocca Porena, perto de Cássia, na Itália. Segundo o pároco, padre Manoel César de Camargo Júnior, Rita é modelo e exemplo de pessoa paciente e perseverante na fé, colocada no mundo para ser instrumento da misericórdia de Deus em favor da humanidade sofredora. “Ela, que passou por tanto sofrimento, pela dor, soube perseverar até o fim, não desistiu. Quem pede a intercessão de Santa Rita junto a Jesus, busca pela esperança para o mundo em que estamos vivendo hoje, marcado pela violência, pobreza e injustiça.”, destacou.
 
Entre os milhares de fiéis, com os olhos vidrados e emocionada, segurando um maço de rosas vermelhas, estava Ananda de Souza Flores, 26 anos. Ela disse ter conhecido a história de Santa Rita neste ano e decidiu pedir a ela uma graça. “Prestei a prova da OAB e, nesta sexta-feira, deve sair o resultado. Através do meu namorado, que frequenta a paróquia, conheci Santa Rita. Senti algo muito forte e decidi entregar a ela a minha fé. Na primeira fase do exame foi feita uma prova com 80 questões, em que 40 precisavam estar corretas. Eu rezei à Santa Rita e só assim senti-me confiante para conferir o resultado. Acertei 50 questões e passei para a segunda fase. Estou tão confiante que hoje, após os nove dias de novena, estou aqui para agradecer de todo o meu coração. É lindo ver a igreja tão lotada; ela motiva as pessoas, fico realmente arrepiada só de contar”, destacou. 
 
Já Neusa Silva, 82 anos, comentou que Santa Rita sempre foi exemplo de mulher, mãe e filha. “Sou devota a minha vida toda. Já alcancei tantas graças. Hoje, com a idade que tenho procuro sempre estar aqui, agradecendo e pedindo pela minha família. Ela é exemplo de tudo”, pontuou. (Por Jéssica Santos)
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar