Sábado, 21 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Comissão Processante decide manter a investigação sobre o prefeito Vereadora reassume. Especulações apontam para fortalecimento da bancada situacionista

Publicada em 22/05/2019 às 10:45
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)

A Comissão Processante, que apura denúncia de suposta infração político-administrativa por parte do prefeito José Antônio Caldini Crespo (DEM), decidiu que vai manter a investigação contra ele, como já ocorreu em relação à vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB). A decisão foi anunciada na manhã desta terça-feira (21), durante a sessão legislativa, com a apresentação de um relatório pelos integrantes da CP, que é presidida pelo vereador Antônio Carlos Silvano Júnior (PV), tem como relator Hudson Pessini (MDB) e Rafael Militão (MDB) como membro.

“Nós nos reunimos ontem (segunda-feira), com acompanhamento do jurídico da Câmara, e tínhamos tomado uma decisão que seria colocada hoje, em uma reunião às 14 horas, após esta sessão ordinária. Porém, durante a sessão começou a chegar informações sobre a possível retomada do cargo pela vereadora licenciada Cíntia de Almeida (integrante do secretariado do Governo Crespo, nota da redação), o que provocaria uma mudança na formação da Comissão Processante. Por isso, antecipamos a reunião para as 11 horas e apresentamos o relatório dando prosseguimento à investigação”, explicou o vereador Hudson Pessini.

 

VEREADORA REASSUME – De fato, a vereadora Cintia de Almeida (MDB) reassumiu o mandato no final da manhã desta terça-feira, após protocolar pedido na secretaria da Câmara Municipal. Ela estava afastada do Legislativo sorocabano desde 2018, para ocupar o cargo de secretária de Igualdade e Assistência Social da Prefeitura, do qual foi exonerada ainda ontem pelo prefeito José Crespo.

Com o retorno da parlamentar, quem deixa a Câmara é o vereador Rafael Militão, que ocupava a vaga por ser suplente do partido e integrava a Comissão Processante contra o chefe do Executivo. Com a mudança no quadro de vereadores, a CP que investiga o prefeito terá uma nova composição. Por isso, na sessão ordinária desta quinta-feira (23), também será realizado um novo sorteio para definir qual vereador deverá ocupar a vaga na Comissão. Os prazos de trabalho do grupo não sofrerão alterações.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar