Sábado, 24 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SAÚDE 1ª Jornada de Saúde Mental reúne 262 pessoas

Publicada em 10/12/2018 às 12:30
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: SECOM)
A Secretaria da Saúde, por meio da coordenação de Saúde Mental, realizou a I jornada de Saúde Mental de Sorocaba nos dias 28 e 29 de novembro com o apoio da Universidade de Sorocaba (UNISO) e da Divisão de Educação em Saúde. Durante os dois dias, 262 pessoas participaram da programação que contou com palestras, rodas de debates e atividades culturais. A realização teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e de aproximar a população das decisões tomadas na área da Saúde.
Hebert Lima Senne, usuário do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) III ‘Arte do Encontro’ foi o encarregado de recepcionar o público através de sua apresentação musical com voz e violão. Logo após, a secretária de Saúde, Dra Marina Elaine Pereira, deu as boas-vindas ao público e falou mais sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido na área de Saúde Mental. “A nossa proposta é a aproximação do serviço público com a sociedade, ouvir e oferecer serviços de qualidade. Em Sorocaba, contamos com oito CAPS que realizaram até setembro deste ano 61.736 atendimentos, um aumento de 10.127 atendimentos em comparação ao mesmo período do ano de 2017. Somente em atendimentos médicos, a soma é de 15.560 e de atendimentos de multiprofissionais totalizaram 46.176 pacientes”, ressalta.
De acordo com a coordenação de Saúde Mental, a rede recebeu 2.981 casos novos e 26.690 usuários foram atendidos pelos CAPSs. Além disso, serviços como o acolhimento noturno, atenção aos usuários em crise, visitas domiciliares e acompanhamento no território, entre outros são oferecidos. Os pacientes podem procurar os serviços de saúde mental através das 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).
O evento também contou com a participação do secretário de Segurança e Defesa Civil, Jefferson Gonzaga, que contou sobre o projeto da terapia assistida por animais articulada pela Secretaria de Segurança e Defesa Civil (SESDEC) em parceria com a Secretaria de Saúde. “Agradeço a Dr. Marina, que acolheu o projeto da terapia assistida por animais, que utiliza cães adestrados do canil da Guarda Civil Municipal (GCM), que tem o objetivo de desenvolver físico, psíquico, cognitivo e social dos pacientes. Quando falamos de uma gestão de política pública séria, pautada e técnica, temos que de fato suar um pouco mais e concretizar a articulação da rede”, destaca o secretário.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar