Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Fundec recebe exposição gratuita sobre Relacionamento Abusivo

Publicada em 03/12/2018 às 12:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: SECOM)

A exposição fotográfica do projeto “A Marca na Rosa” já está em cartaz na Fundação de Desenvolvimento Cultural de Sorocaba (Fundec). A mostra traz imagens de garotas que foram retratadas, num visual contemporâneo, como vítimas de violência causada por relacionamentos abusivos. A população poderá conferir as imagens no local até o dia 14 de dezembro.

“A Marca na Rosa” é promovido pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Coordenadoria da Mulher da Secretaria de Cidadania e Participação Popular, em parceria com a Secretaria de Educação e Secretaria de Cultura e Turismo.

O objetivo do projeto é de contribuir para que os jovens tenham uma melhor compreensão do que é um relacionamento abusivo e assim diminuir o número de meninas vítimas de agressões, principalmente por seus namorados ou companheiros, esclarecendo os malefícios causados por relacionamentos ciumentos e conturbados.

A ideia partiu da estudante Estéfany Vitória Saez, de 18 anos, que vivenciou um relacionamento abusivo e percebeu que deveria falar abertamente sobre sua experiência pessoal para que o mesmo não continuasse a se repetir com outras meninas. Pensando nisso, a jovem procurou o poder público para que juntos pudessem criar uma ação para levar o assunto às escolas.

As fotos da exposição também trazem trechos do poema “A Marca na Rosa”, escrito pela jovem Estéfany. A mostra ainda conta com um banner do violentômetro, que orienta as mulheres a prestarem atenção em comportamento e ações que podem evoluir para ofensas, ameaças e abuso sexual.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone (15) 3229.3440 (Coordenadoria da Mulher). A Fundec está localizada na rua Brigadeiro Tobias, 73, no Centro.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar