Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SAÚDE Município supera meta de vacinação aplicando mais de 60 mil doses Sorocaba atinge cobertura vacinal imunizando crianças contra a poliomielite e o sarampo

Publicada em 18/09/2018 às 18:16
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
O município de Sorocaba, informou nesta terça-feira (18) a Secretaria de Saúde da Prefeitura, superou a meta de cobertura vacinal contra a poliomielite e o sarampo na última sexta-feira (14). Atingir 95% de imunização entre as crianças de 1 ano a 4 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) fazia parte da missão de trabalho durante a Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite e o Sarampo que aconteceu nas 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade e se encerrou às 17 horas de 14 de setembro. De acordo com a Pasta, foram aplicadas 60.013 doses, sendo 30.203 (97,67%) de pólio e 28.975 (96,40%) da tríplice viral SCR (Sarampo, Caxumba e Rubéola).
 
De forma empenhada para melhorar a porcentagem alcançada, a Prefeitura realizou três dias `D´ em sábados, das 8 às 17 horas, para as pessoas que têm dificuldade de comparecer às UBSs durante a semana. A meta de cobertura vacinal maior ou igual a 95% deve ser alcançada tanto na rotina, quanto nas campanhas. Em Sorocaba, de acordo com a Secretaria do Estado de Saúde, há 30.922 crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias, que estavam contempladas a receber a imunização.
 
A secretária municipal da Saúde, Marina Elaine Pereira, ao apresentar os números ontem, destacou o empenho da Pasta em superar a meta estipulada pelo Estado, ressaltando ser uma grande satisfação de saber que trabalhamos empenhados para superar a meta contra pólio e o sarampo. Nossa gestão é focada na Saúde e não na doença; prevenir é sempre o melhor caminho”.
 
A vacina contra o sarampo é a tríplice viral, que também protege contra caxumba e rubéola. Já contra a poliomielite ou paralisia infantil, é administrada a vacina oral, em gota. A campanha visou imunizar as crianças que ainda não tomaram a dose ou não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação, mantendo, assim, elevada a cobertura vacinal, para redução dos riscos de reintrodução destas doenças no Brasil.
 
As ações de vacinação são fundamentais tanto nas ações de rotina, como nas campanhas nacionais. O esquema vacinal do Calendário Nacional de Vacinação é composto por três doses da vacina inativada poliomielite (VIP), administradas aos dois, quatro e seis meses, sendo necessários dois reforços com a vacina oral poliomielite (VOP) aos 15 meses e aos 4 anos de idade. Apesar do encerramento da Campanha Nacional, as vacinas continuarão disponíveis nas UBSs durante os dias úteis.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar