Sábado, 20 de Outubro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< POLÍCIA PF cumpre mandados em frigorífico de Sorocaba por fraude Investigações indicam que estabelecimentos prisionais e escolares receberam carnes deterioradas

Publicada em 04/09/2018 às 13:32
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A Polícia Federal cumpriu ontem dois mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva expedidos pela 4ª Vara Federal em decorrência de uma investigação contra um frigorífico de Sorocaba. O casal que administrava o local foi preso e uma máquina utilizada para injetar água na carne foi apreendida na manhã desta terça-feira (4).

A investigação iniciou-se com a identificação de uso de selos falsos do Serviço de Inspeção Federal (S.I.F.) em produtos cárneos que seriam fornecidos para a Superintendência de Assistência Social da Universidade de São Paulo (USP). Houve ainda indícios de fraude em licitação do Governo Federal; utilização de matéria-prima e de ingredientes vencidos; adição de proteína da soja na elaboração de linguiça e a omissão de tal informação nos rótulos dos produtos; uso de aditivo não autorizado (antiespumante); e violação de lacre.

De acordo com a PF, verificou-se ainda que houve fornecimento de carnes deterioradas para estabelecimentos prisionais e até mesmo para a merenda escolar de um município da Região.

HISTÓRICO – A empresa investigada, pelo menos desde 2006, tem participado de diversos processos licitatórios, fornecendo produtos cárneos para diversos órgãos federais, estaduais e municipais, principalmente aqueles incumbidos da segurança pública e nacional, além de órgãos vinculados à área da educação.

No âmbito federal, entre 2015 e 2018, foram vendidos quase R$ 2 milhões em produtos cárneos para órgãos do governo.

Segundo a PF, de 2007 a 2018, a empresa foi autuada 13 vezes pelo Escritório de Defesa Agropecuária de Sorocaba, em virtude de diversas irregularidades encontradas durante fiscalizações.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar