Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ESPORTE Diante do empate, Marquinhos determina vitória fora de casa Trabalho deve ser reforçado para não levar gol nos minutos finais

Publicada em 13/08/2018 às 18:36
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
O Azulão tem de vencer fora de casa; esta é a determinação do técnico do São Bento, Marquinhos Santos, que encarou o empate, por 1 a 1, com o Brasil de Pelotas, no sábado (11), como se o time beneditino tivesse sido derrotado. "Não sei se será com o CSA ou na 39ª rodada, mas o São Bento precisa vencer fora de casa", ressaltou o comandante adiantando a partida do próximo dia 18, contra o CSA, às 21 horas, no Estádio "Rei Pelé", em Maceió. "Empate com sentimento de derrota pelo volume e pelo que criamos. Tínhamos de ter matado o jogo no começo do segundo tempo. Você tem de aproveitar as chances; se fizéssemos o segundo, certamente o Brasil não teria força para buscar." 
 
Ainda de acordo com o treinador, é necessário reforçar o foco no seguinte deslize: sofrer gol no fim da partida. "Isso vem acontecendo desde o Paulista. Temos de retomar esse trabalho. A vitória seria importante não pela classificação, mas pela questão de nos aproximar da parte de cima da tabela", disse Marquinhos. Nas duas vitórias passadas no CIC, o time de Sorocaba sofreu gols de Sampaio Corrêa e Atlético-GO próximo ao fim, contudo o resultado não foi comprometido; diferente no Paulistão, quando pontos importantes foram perdidos nos minutos finais da partida. "O vestiário sentiu a forma com que entregamos o jogo ao adversário", frisou. 
 
No decorrer do duelo, no primeiro tempo, o São Bento teve chance de abrir o placar logo aos 3 minutos; em cobrança de escanteio de Marcelo Cordeiro, Tony ficou próximo de marcar. O gol saiu aos 8 minutos. Em mais uma cobrança de escanteio, Marcelo Cordeiro bateu e Ewerton Páscoa, de cabeça, marcou. Outra possibilidade veio aos 17, quando Tony, no contra-ataque, arriscou o chute levando perigo ao gol adversário. A primeira alteração foi aos 19 minutos do segundo tempo; saiu Branquinho para a entrada de Roni e, aos 26, Tony deu lugar a Lucas Farias. Na última alteração de Marquinhos, Ronaldo substituiu Ricardo Bueno, mas, aos 39 minutos, Leandro Camilo empatou a partida.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar