Sábado, 18 de Agosto de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< AGENDA CULTURAL MP denuncia três pessoas no Caso Vitória Gabrielly Jovem de Araçariguama foi pega por engano após sair de casa para andar de patins

Publicada em 17/07/2018 às 18:46
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O Ministério Público Estadual de São Roque denunciou, na segunda-feira (16), três pessoas pelos crimes de sequestro qualificado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver no caso Vitória Gabrielly. O servente de pedreiro Júlio César Lima Ergesse e o casal Bruno Marcelo de Oliveira e Mayara Borges de Abrantes já estavam presos preventivamente e podem ir à júri após depoimentos de testemunhas à Justiça e verificação de provas.
 
Vitória Gabrielly, 12 anos, desapareceu no dia 8 de junho após sair de sua residência para andar de patins, em Araçariguama. O corpo da jovem foi encontrado em 16 de junho, em uma área rural da cidade; ela estava amarrada e com marcas de estrangulamento.
 
Após depoimento de uma testemunha ao Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa, na Capital, os policiais confirmaram que a vítima foi pega por engano em um ato de vingança por dívida ao tráfico de drogas. O alvo seria uma menina também chamada Vitória Gabrielly, com as mesmas características da adolescente morta e que estudava na mesma escola.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar