Domingo, 23 de Setembro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Vistoria constata evolução na Policlínica Municipal

Publicada em 06/07/2018 às 18:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Nova vistoria feita em conjunto pela Comissão de Saúde do Legislativo, representada pelos vereadores José Francisco Martinez (PSDB) e Iara Bernardi (PT), e Conselho Municipal de Saúde, representado por Francisco Valério, Luís Cláudio Zanzarini, Márcia Niterói e Álvaro Ciomak, à Policlínica Municipal, no bairro de Santa Rosália, constatou evolução no atendimento da unidade. Eles foram recebidos pelo médico coordenador da Policlínica, Paulo Gurres, e relataram ter encontrado um quadro diferente do da última vistoria, no ano passado, citando que houve efetivamente uma transformação qualitativa no ambiente. O grupo relatou ter encontrado pacientes sendo bem-atendidos e profissionais zelosos e dedicados ao público, além de novos equipamentos.
 
Para a vereadora Iara, com a rotatividade de Secretário da Saúde, a Policlínica ficou em uma situação de extrema vulnerabilidade, assim como os servidores públicos ali lotados. “Eu trouxe verbas federais para esse próprio público. Inicialmente, o então secretário de Saúde, Rodrigo Moreno, disse que usaria a verba para a construção de uma nova ala para atendimento à mulher, compra de aparelhos e prevenção ao câncer de mama”, destacou. “Posteriormente, outro secretário de Saúde, dr. Ademir Watanabe, sinalizou que haveria uma reforma no prédio e seu fechamento. Estamos lutando fortemente para que esse fechamento não ocorra jamais”, acrescentou Iara, enfatizando a falta de um planejamento coerente para a unidade de especialidades. Ponderou ainda que, ao contrário do que planejou inicialmente o Governo Crespo, que é enviar os médicos especialistas para as UBSs, “os médicos especialistas da Policlínica precisam ficar ali e atender aos pacientes em uma boa estrutura - e não serem enviados para Unidades Básicas de Saúde, para atender a casos generalistas”.
 
O grupo que fez a vistoria no local atribuiu as melhorias ao novo modelo de gestão da Policlínica, levando o local a ser um ambiente de qualidade e com maior eficiência. “Para que isso seja mantido, é essencial que a Policlínica seja gerenciada por profissionais concursados, e não seja terceirizada. Ainda há muito o que melhorar, em especial em termos de estrutura física. Mas o que vimos foi um funcionamento mais eficaz dessa unidade de saúde, fruto de uma gestão mais eficiente”, justifica Iara.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar