Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ESPORTE Preparação a todo vapor para duelo com os sérvios Se vencer da Sérvia, Seleção classifica-se como primeira do bloco

Publicada em 25/06/2018 às 18:36
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação/CBF)
Depois de toda a tensão pela qual o grupo da Seleção Brasileira foi submetido na vitória sobre a Costa Rica, assim como toda a persistência e entrega física dos atletas, a palavra de ordem no trabalho que vem sendo comandado pelo técnico Tite nesta semana é recuperação. Como ocorre nos pós-jogos, a sessão de atividades do dia seguinte serve para regenerar a condição física dos atletas. 
 
Nos trabalhos, apenas alguns jogadores foram a campo. Casemiro e Paulinho deram voltas no gramado com o preparador físico Ricardo Rosa, Gabriel Jesus, Fagner, Willian e Marcelo fizeram ativação muscular, Alisson, Thiago Silva, Miranda e Philippe Coutinho ficaram na academia, enquanto Neymar, Douglas Costa e Danilo, que faz tratamento de lesão no quadril, passaram na fisioterapia. 
 
O restante do grupo, formado pelos que não jogaram ou entraram no decorrer da partida, foi a campo para um trabalho leve com bola sob os olhares atentos de Tite. Antes de a atividade começar, o treinador reuniu jogadores e comissão e bateu um papo rápido. Em seguida, o preparador físico, Fábio Mahseredjian, dirigiu uma sessão de alongamentos antes da tradicional roda de bobinho. 
 
Enquanto isso, Cássio e Ederson trabalhavam com o preparador de goleiros, Taffarel, e o assistente, Rogério Maia. A atividade terminou com Taison, Fred e Firmino aprimorando finalizações. O trio demonstrou que a pontaria está afiada e obrigou os goleiros a praticarem boas defesas. Tudo isso para a partida de amanhã, às 15 horas, diante da Sérvia, para a última rodada da Fase de Grupos da Copa do Mundo. 
 
Fernandinho, que entrou no decorrer dos dois primeiros jogos do Brasil na Copa do Mundo, comentou a preparação. “Vamos precisar de todo mundo para encarar este jogo contra a Sérvia. Nosso conjunto é muito forte. Temos qualidades individuais, mas nosso coletivo é o nosso diferencial, e precisamos disso no próximo jogo.” 
 
Já Fagner tratou de tranquilizar a torcida e disse acreditar que a evolução virá na hora certa. “O mais importante é começar a ter o crescimento nos momentos decisivos da competição. Temos um jogo difícil contra a Sérvia, mas, fazendo tudo o que estamos fazendo, cada vez mais o grupo vai se consolidando para chegar muito forte aos momentos decisivos”, projetou o jogador.  
 
A Seleção Brasileira é líder do Grupo E, com quatro pontos. Em caso de vitória, a equipe de Tite classifica-se como primeiro do bloco. O empate também garante o Brasil nas Oitavas, porém no segundo lugar. No outro jogo decisivo do grupo, jogam Suíça e Costa Rica. Os suíços têm a mesma pontuação que a equipe Canarinho; se a Costa Rica vencer o duelo, a Seleção classifica-se em primeiro do grupo mesmo com um empate contra os sérvios.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar