Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ENTRETENIMENTO Minissérie bíblica Lia estreia nesta terça

Publicada em 25/06/2018 às 18:32
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
“Lia”, a história bíblica sobre duas irmãs (Lia e Raquel) e a criação da nação de Israel, estreia nesta terça-feira (26) na TV Record. A minissérie de Paula Richard, adaptada do Livro do Gênesis (cap. 29 a 36), que cria uma relação tumultuada das duas irmãs, fica no ar até 9 de julho, precedendo a estreia da novela “Jesus”.
 
SINOPSE – Jacó (Felipe Cardoso) foi o progenitor da Nação Judaica. Ele teve 12 filhos, que deram nome às 12 Tribos de Israel. Esses filhos nasceram de suas esposas, as irmãs Lia (Bruna Pazinato) e Raquel (Graziela Schmitt); e de suas concubinas, Bila (Caca Ottoni) e Zilpa (Thaís Muller). Essa é a história dessas mulheres.
 
Filha de Labão (Theo Becker), Lia é uma menina doce e tímida, que vive sob o jugo de seu pai, um homem insensível e violento, e de seus meios-irmãos, criados à imagem do pai. Sua mãe passou-lhe algo sobre a fé no Deus de Abraão, mas ela morre no parto de sua irmã, Raquel.
 
Raquel cresce e se torna uma moça belíssima; é uma força da natureza, confiante e mimada, sempre conquistando o que deseja com seu modo sedutor de agir. Lia não é bela como a irmã e guarda os olhos tristes de quem perdeu a infância; sente-se o patinho feio da família. Enquanto Lia guarda os ensinamentos sobre o Deus de Abraão e os passa para Zilpa, Raquel prefere continuar com os hábitos e crenças pagãs.
 
A chegada de Jacó mexe com essas mulheres. Apesar de ter semelhanças com Labão, Jacó é um homem bom, que trata as mulheres com respeito e delicadeza. Mesmo quando Jacó apaixona-se por Raquel, Lia entrega-se aos sentimentos pelo rapaz.
 
Na disputa pelo amor e atenção de Jacó, a relação das irmãs é abalada, dando início a um jogo de poder feminino onde Zilpa e Bila também serão envolvidas.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar