Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ENTRETENIMENTO Produções premiadas mostram crianças e jovens latino-americanos

Publicada em 04/06/2018 às 18:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Quatro curtas-metragens inéditos, premiados na 8ª edição do Festival com Kids Prix Jeunesse Iberoamericano 2017 – evento que estimula e debate produções audiovisuais e digitais para o público infanto-juvenil em países de língua portuguesa e espanhola – estreiam neste mês no SescTV.
 
As exibições começam com o chileno “Sou mulher, sou Vênus” (2015), nesta terça-feira (5). A partir das 17h30, no site www.sesctv.org/aovivo, o público pode conferir a história da rapper Vênus Castilho, uma jovem que sonha ser uma grande artista.
 
Na quinta-feira (7), às 12 horas, é a vez da produção chilena “Emiliano” (2015), dirigida por Paula Gomez Vera. O documentário, que recebeu o “Prêmio Aquisição SescTV”, mostra o dia a dia de um jovem camponês peruano e sua mãe.
 
O brasileiro “Trabalhar pra quem?” (2017), de Mariana Oliva e Paula Szutan, será exibido na próxima terça-feira (12), às 17h30. A narrativa mostra o cotidiano de dois jovens rappers que moram no bairro de Heliópolis, na Capital paulista, e sonham com a universidade.
 
Fechando a programação, o SescTV leva ao ar, no dia 19 de junho, às 17h30, o “Quero ser eu” (2017), episódio da série de animação colombiana “Guillermina e Candelario”. O curta aborda o racismo ao contar a história de uma menina excluída devido à cor da sua pele.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar