Sexta-Feira, 22 de Junho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Clube da Esquina no palco do Municipal 40 anos depois

Publicada em 22/05/2018 às 18:19
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Quem não conhece o Clube da Esquina pouco conhece da MPB. É um marco na história da nossa música, referência também no Exterior e símbolo de uma nova estética, que ocupará o palco do Teatro Municipal, no Parque da Boa Vista, na noite do próximo sábado (26), na segunda apresentação da temporada do Metso Cultural´2018 - 12ª Temporada de Música Instrumental Brasileira de Sorocaba, com a presença do Duo Taufic, acompanhado da inigualável intérprete mineira Paula Santoro. Gratuito, o show intitulado “Celebrando os 40 anos do Clube da Esquina 2” está marcado para as 20h30. Os ingressos serão distribuídos a partir das 19 horas, na bilheteria do próprio Teatro Municipal.
 
Clube da Esquina é Minas Gerais, sendo, ao mesmo tempo, universal. A partir de um encontro em Natal (RN), surgiu a inédita parceria entre o Duo Taufic, formado pelos irmãos Roberto no violão e Eduardo no piano, com Paula Santoro. “Lembrar e comemorar os 40 anos deste momento importante da Música Brasileira é fundamental para não deixarmos nunca de valorizar a genialidade desses criadores e da própria música brasileira”, assevera o produtor musical sorocabano Marco de Almeida, da MdA International, promotora do projeto.
 
Celebrando, assim, uma parceria mais que familiar, a versatilidade e a sonoridade peculiar do Duo Taufic deixa transparecer a bagagem musical adquirida ao longo dos anos e o imenso conteúdo criativo proporcionado pelo diálogo entre o violão e o piano. Descendentes de árabe, os dois irmãos despertaram o amor pela música desde criança, sempre incentivados pelos pais e familiares. Já Paula Santoro é uma das maiores intérpretes de sua geração. A mineira já cantou ao lado de Chico Buarque, Milton Nascimento, Edu Lobo, Guinga, Toninho Horta, Alcione, Monica Salmaso e Criolo, entre outros. Paula foi uma das vencedoras do V Prêmio Visa de Música, ganhou por duas vezes o Troféu Faísca como melhor cantora de Minas Gerais e foi indicada como Melhor Cantora no Prêmio Rival Petrobrás de Música e, em 2017, ao Prêmio Profissionais da Música como Melhor Cantora e no Press Awards US (prêmio americano que contempla brasileiros que têm atuação nos Estados Unidos).
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar