Quinta-Feira, 16 de Agosto de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ECONOMIA Comércio prevê alta de 5% nas vendas para Dia das Mães

Publicada em 03/05/2018 às 18:07
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Arquivo/Fernando Rezende)
O Dia das Mães, comemorado no segundo domingo de maio, este ano dia 13, é considerado uma das datas mais importantes para o comércio. A boa notícia aos comerciantes é que, neste ano, os consumidores sorocabanos estão mais dispostos a presentear a `rainha do lar´, como aponta uma pesquisa realizada pela Associação Comercial local divulgada nesta quinta-feira (3), indicando que as vendas terão aumento de 5% em relação a 2017.
 
O estudo também revela que 81,1% dos entrevistados pretendem comprar presentes, índice 10% superior ao do ano passado. Outro dado importante é referente ao valor a ser gasto: a maioria dos entrevistados (36,7%) irá investir entre R$ 50 e R$ 100, enquanto 33,3% espera gastar até R$ 50. Apenas 20% disseram que irão gastar entre R$ 100 e R$ 150. O restante planeja investir acima de R$ 150. E, para agradar as mães, os produtos mais citados como opções de presente são: artigos de vestuário (63%), produtos artesanais (10%), acessórios e flores (10%), chocolates (3%) e jantar ou almoço (3%).   
 
Quanto aos locais de compra, a preferência dos consumidores sorocabanos se divide entre lojas do centro da cidade (43,3%), shoppings (36,7%), lojas de bairro (10%), quiosques e pontos de artesanato (6,7%) e Internet (3,2%).
 
“Desde o início do ano passado, os indicadores econômicos seguem melhorando, gerando maior confiança entre os empresários e consumidores. A inflação está contida, a taxa de juros está caindo e o nível de emprego no Município está estabilizado. São fatores que contribuem para aumento do consumo”, comemora o presidente da Associação Comercial de Sorocaba, Sérgio Reze. 
 
Já o economista Rafael Muscari, da Associação Comercial/ Esamc Jr., lembra que para o Dia das Mães, diferentemente da Páscoa, quando a maioria trabalha com produtos perecíveis, o que acaba gerando promoções para zerar o estoque, “a dica é pesquisar preços, optar por produtos de qualidade com formas de pagamento acessíveis e não deixar para última hora”.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar