Sexta-Feira, 20 de Julho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SAÚDE Paço ameniza alerta sobre surto de gripe

Publicada em 26/03/2018 às 18:12
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A Secretaria da Saúde do Município posicionou-se nesta segunda-feira (26) sobre áudio que circulou no WhatsApp no fim de semana, no qual o padre Flávio Jorge Miguel Júnior, reitor do Santuário Arquidiocesano de São Judas Tadeu, do bairro do Central Parque, e presidente da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia, fazia alerta sobre a possibilidade de um grave surto de gripe H3N2 neste Outono/Inverno. A Pasta, tranquilizando a população, garante seguir todos os protocolos e recomendações do Ministério da Saúde, repassados pela Secretaria de Estado de Saúde, instituições que até o momento, segundo nota enviada à redação, ainda “não divulgaram qualquer alerta” nesse sentido.
 
No alerta do padre Flávio, dirigido inicialmente aos membros do Conselho Municipal de Saúde, afirmando ter respaldo em considerações um amigo infectologista da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), sobre a possibilidade de uma gripe mais forte atingir este ano o Brasil e diversas cidades, inclusive Sorocaba, o sacerdote diz já ter entrado em contato, inclusive, com o prefeito José Crespo e com todos os vereadores para falar sobre a epidemia de gripe. “Estou avisando todo mundo; não vamos ter leito. Vai ser uma tragédia”, enfatiza padre Flávio no áudio depois compartilhado pelas redes sociais, apontando ainda a falta de leitos no hospital que dirige numa eventual propagação da doença. "O objetivo não é alarmar e nem causar pânico na cidade, mas alertar para que sejam tomadas as devidas precauções com antecedência... Não estou fazendo terrorismo, mas quero avisar que a Santa Casa já vive lotada, com 13 leitos na emergência e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 18, e eu tenho que deixar dois de reserva em caso de problemas cirúrgicos. Se a epidemia de gripe vier a se confirmar, a Prefeitura tem que arranjar outros lugares porque não vai ter leito na Santa Casa".
 
VÍRUS – Ao contrário de 2016, quando o maior número de registros foi do H1N1, em 2017 a maior circulação foi do H3N2, segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBI). Os dois vírus são do tipo influenza, então não há um novo vírus em circulação no Brasil, embora as variações sejam igualmente graves.
 
O H3N2 é um vírus que já causou surtos no País em outros períodos e é o mais prevalente no hemisfério Norte. A SBI explica que, apesar da população popularmente buscar a vacina do H1N1, as doses sempre contêm os tipos H1N1, H3N2 e B.
 
A Campanha de Vacinação contra a Gripe anualmente promovida pela Prefeitura de Sorocaba será, em 2018, entre os dias 16 de abril e 25 de maio, com o Dia D em 5 de maio. No site do Ministério da Saúde, o conselho é para que sejam feitas ações preventivas individuais: higiene das mãos com água e sabão (depois de tossir ou espirrar; depois de usar o banheiro, antes de comer, antes de tocar os olhos, boca e nariz); evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável; evitar aglomerações e ambientes fechados; e praticar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividade física.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar