Segunda-Feira, 28 de Maio de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ESPORTE São Bento volta ao CIC para dérbi com Ituano Azulão quer acabar com abstinência de gols

Publicada em 05/03/2018 às 19:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
CAMPEONATO PAULISTA
 
O São Bento volta ao CIC nesta terça-feira (6), às 19h15, contra o Ituano, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. No sábado (3), o Azulão foi a Campinas (SP) enfrentar o Red Bull Brasil e terminou no 0 a 0, o que provou questionamentos no jogador Fábio Bahia, que, apesar de ter evidenciado a defesa do time, mencionou a abstinência de gols pelo time beneditino. 
 
De acordo com o atleta, o Bentão trabalha para tentar superar essa fase na parte ofensiva. Ele ressalta que a defesa do time está sendo a melhor do campeonato, contudo é necessário melhorar no ataque. Ainda sobre o jogo do fim de semana passado, o jogador disse que houve desgastes no primeiro tempo.
 
“O Red Bull é sempre um time difícil com a bola, e nos desgastamos no primeiro tempo. Na segunda etapa, criamos, mas é duro jogar no campo deles. Pelo primeiro tempo e no fim do jogo, fizemos um resultado razoável. O jeito de eles jogarem é parecido com o Audax; então, é duro manter o ritmo, porque eles ficam com a bola”, pontuou. 
 
JOGO – Contra o Red Bull, o técnico Paulo Roberto Santos veio com uma escalação diferente, com a volta do zagueiro João Paulo e do atacante Lúcio Flávio; fora isso, foi o primeiro jogo de Diogo Oliveira como titular. Assim, a partida começou com o São Bento tentando se impor. 
 
Mesmo jogando fora de casa, o Azulão não sofreu pressão e criou as melhores chances. Aos 26, na falta ensaiada, Diogo Oliveira mandou por cima. No minuto seguinte, o São Bento chegou a fazer 1 a 0, com Lúcio Flávio pegando rebote no chute de Diogo Oliveira, mas o árbitro marcou impedimento, e o primeiro tempo ficou no 0 a 0.
 
Na volta do intervalo, Paulo Roberto fez a primeira alteração com a saída de Lúcio Flávio para a entrada de Léo Itaperuna. Também entraram Celsinho e Cássio Gabriel para a saída de Diogo Oliveira e Everaldo. Aos 33, o São Bento pediu pênalti quando a bola pegou na mão do zagueiro do Red Bull, mas o árbitro mandou seguir. 
 
Pouco depois, quase saiu o primeiro no chute de Lucas Crispim, que passou raspando por cima do gol de Júlio César. Aos 42, Marcelo Cordeiro arriscou de longe e acertou o canto para boa defesa de Júlio César. Já nos acréscimos, uma das melhores chances do São Bento; Celsinho recebeu passe de Marcelo Cordeiro, porém bateu por cima.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar