Domingo, 23 de Setembro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ECONOMIA 149 mil sorocabanos vão prestar contas ao Leão Receita Federal começa a receber nesta quinta-feira (1º) as declarações dos contribuintes, referentes ao ano-base de 2017

Publicada em 28/02/2018 às 18:24
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
IMPOSTO DE RENDA 2018
 
As declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) referentes ao ano-calendário de 2017 começam a ser recebidas pela Receita Federal nesta quinta-feira, 1° de março. O prazo de apresentação do documento segue até 30 de abril e a expectativa é de que 402 mil contribuintes dos 52 municípios sob a jurisdição da Delegacia Regional da Receita Federal em Sorocaba entreguem a declaração de ajuste do IR este ano dentro do prazo estabelecido; são 149 mil contribuintes só no município de Sorocaba.
 
O delegado regional da Receita Federal, Francisco José Branco Pessoa, informou ao DIÁRIO nesta quarta-feira (28) que, para elaborar sua declaração, o contribuinte deve ter em mãos os comprovantes dos rendimentos e dos pagamentos efetuados em 2017, bem como as informações relativas aos bens, direitos e dívidas a serem declarados. “O contribuinte deve atentar para declarar os rendimentos recebidos de todas as fontes pagadoras, inclusive os rendimentos dos dependentes que constarem da declaração”, explicou Pessoa, pontuando este último item como erro bem comum. Despesas médicas também devem ser listadas com atenção, segundo o delegado.
 
A multa para quem apresentar a declaração depois do prazo é de 1% por mês de atraso sobre o imposto devido, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% sobre o imposto devido.
 
APLICATIVO – A declaração poderá ser preenchida por meio de programa baixado no computador ou do aplicativo Meu Imposto de Renda para tablets e celulares. Por meio do aplicativo, é possível ainda fazer retificações depois do envio da declaração. “O aplicativo substitui os aplicativos m-IRPF, a retificadora online e o rascunho”, informou também o delegado. “Vem para facilitar a entrega das declarações por dispositivos móveis”, asseverou.
 
Outra opção é mediante acesso ao serviço Meu Imposto de Renda, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), no site da Receita, com uso de certificado digital. O painel inicial do sistema traz como novidade, aliás, informações das fichas que poderão ser mais relevantes para o contribuinte durante o preenchimento da declaração. Neste ano, será obrigatória, por exemplo, a apresentação do CPF para dependentes a partir de 8 anos de idade, completados até o dia 31 de dezembro de 2017.
 
Na declaração de bens, foram incluídos campos para informações complementares, como números, registros e localização de imóveis; para veículos, número do Renavam (Registro Nacional de Veículo) inclusive. Também deverá será incluída informação sobre a alíquota efetiva utilizada no cálculo da apuração do imposto.
 
Outra mudança é a possibilidade de impressão do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) para pagamento de todas as cotas do imposto, inclusive as que estão em atraso.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar