Terça-Feira, 22 de Maio de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< POLÍCIA Fraudes e furtos de energia aumentam mais de 6% em Sorocaba Casos passaram de 3,142 mil para 3,343 mil

Publicada em 26/02/2018 às 18:20
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Abr)
O número de fraudes e furtos de energia elétrica na rede de Sorocaba teve um crescimento de 6,4% em 2017 ante 2016. De acordo com a CPFL Piratininga, passaram de 3,142 mil para 3,343 mil casos. 
 
O resultado é fruto da maior assertividade do trabalho desenvolvido pela Diretoria Comercial do Grupo. Ao aplicar mais inteligência e tecnologia em seus processos, a companhia ampliou 8,36% no número de inspeções na cidade. Em 2016, foram executadas 12,082 mil inspeções em clientes residenciais, comerciais e industriais em Sorocaba; em 2017, o número aumentou para 13,092 mil.
 
Ao longo de 12 meses, a CPFL conseguiu recuperar um volume de 8,023 mil MWh de energia furtada, número que seria suficiente para abastecer 4,457 mil famílias compostas por até quatro pessoas pelo período de um ano. Para efeito de comparação, isso praticamente equivale ao número de clientes atendidos pela CPFL na cidade de Alumínio (SP).
 
O volume de energia recuperado em 2017 representa crescimento de 6,4% na comparação com os resultados alcançados em 2016. Na ocasião, o volume recuperado totalizou 7,54 mil MWh, suficiente para abastecer 4,18 mil residências.
 
Segundo o diretor Comercial da CPFL Energia, Roberto Sartori, o aumento da inteligência no monitoramento tem sido um grande aliado na identificação das fraudes e furtos de energia nas redes da distribuidora. “As inspeções em Sorocaba aumentaram significativamente, possibilitando a identificação de um maior número de irregularidades na rede. A integração com os órgãos públicos e autoridades policiais tem sido fundamental nessas operações que visam ao combate às ligações clandestinas”, afirma o executivo.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar