Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ECONOMIA Cesta básica volta a subir em Sorocaba Cebola (20,47%) e batata (14,31%) foram itens com maiores altas

Publicada em 19/02/2018 às 18:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Arquivo/Fernando Rezende)
A cesta básica sorocabana apresentou alta em janeiro, passando de R$ 563,48 para R$ 566,92. Após uma queda acumulada de -5,8% em 2017, o consumidor desembolsou 0,61% a mais no último mês, o primeiro de 2018, segundo o Boletim da Cesta Básica local, divulgada mensalmente pelo Laboratório de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade de Sorocaba (Uniso). Dos três grupos de bens pesquisados, o de higiene pessoal teve a maior alta (1,62%), seguido da alimentação (0,57%). Apenas o grupo de limpeza apresentou preços mais baixos (-0,31%).
 
Vinte e um dos 34 itens avaliados ficaram mais caros. A cebola (20,47%) e a batata (14,31%) elevaram os valores de mercado devido ao período de chuvas mais intensas do Verão, o que prejudicou a produção. Já entre os produtos que baixaram o preço, estão o biscoito água e sal de 200 gramas (-8,12%) e o alho de 200 gramas (-5,15%); o último teve como motivo a grande importação do bulbo, principalmente da Argentina.
 
O aumento de R$ 3,44 na cesta básica é menor que o registrado em janeiro de 2016 e 2017, quando o custo total foi de R$ 575,49 e R$ 596,53 respectivamente. A variação de 0,61% foi superior, contudo, ao resultado medido pelo índice de inflação oficial (IPCA-15), que apresentou elevação de 0,39%, indicando, assim, que os produtos de consumo básico que compõem a cesta básica subiram mais que os preços em geral na economia.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar