Quinta-Feira, 18 de Outubro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ENTRETENIMENTO Pantera Negra estreia em Sorocaba

Publicada em 14/02/2018 às 16:56
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
CINEMA
 
Sorocaba recebe apenas uma estreia de filme nesta quinta-feira (15), mas as 12 salas ocupadas por “Pantera Negra” têm a sua justificativa; o primeiro filme do Universo Cinematográfico da Marvel a estrelar um herói negro chegou para ficar na memória. Em uma preparação para os grandes acontecimentos de “Guerra Infinita”, com estreia prevista para abril deste ano, o novo personagem introduz ainda mais ação ao grupo dos Vingadores.
 
Após a primeira aparição do Pantera Negra em “Guerra Civil” (2016), o público pode conhecer o herói em sua identidade não tão anônima, como o príncipe T’Challa (Chadwick Boseman), do fictício país Wakanda. O local é isolado e possui uma grande potência tecnológica à base do valioso metal vibranium, o que garante cenários futuristas em paisagens naturais de tirar o fôlego.
 
Assim como Wakanda, a cultura africana presente na tela é uma atração à parte. Trilha sonora com tambores, figurinos exuberantes e o sotaque criado trazem uma representatividade ainda não exibida em filmes da Marvel.
 
A história segue em meio a tantos pontos positivos. T’Challa será coroado rei após a morte do pai, T’Chaka; porém, das cinco tribos de Wakanda, uma não apoia o governo e causará problemas. O brilho do conflito está com T’Challa e Killmonger (Michael B. Jordan), em uma disputa de ideais bem fundamentados que em muito lembra os discursos de Martin Luther King e Malcolm X.
 
Político e deslumbrante, “Pantera Negra” consegue entregar cenas de tirar o fôlego em uma narrativa envolvente enquanto propõe reflexões sobre minorias, refugiados e poder feminino. Vale a pena ficar para as cenas pós-créditos e sair do cinema com mais ansiedade pela reunião de todos os heróis da Marvel em “Guerra Infinita”.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar