Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Febre amarela: Quinzinho de Barros não suspende atividades

Publicada em 23/01/2018 às 23:10
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Diferente do Zoológico de São Paulo, que anunciou nesta terça-feira (23) o fechamento preventivo pelo surto de febre amarela, o Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” continua suas atividades normalmente. 
 
De acordo com a Prefeitura, na cidade não houve morte de nenhum animal por conta da doença e, ainda de acordo com o comunicado, a população de macacos é monitorada. Eles informam que todos os animais do parque estão sendo observados diariamente e qualquer pequeno detalhe é informado para os veterinários responsáveis, que os avaliam. 
 
DESMISTIFICAÇÃO – Ao contrário do que muitos pensam, os macacos não são os transmissores da doença, mas os mosquitos Sabethes e Haemagogus, assim como o Aedes Aegypti, também transmissor da dengue, zika e chicungunha. A morte dos animais é só um indicativo de que na região há foco dos mosquitos transmissores. 
 
A Prefeitura diz, ainda, que não é necessário evitar a ida ao parque, pois não há incidência da doença com os animais. A polícia registrou alguns casos em cidades, onde moradores matam os animais com medo da doença. Matar animais é crime, além de retardar a descoberta do foco da doença; pois, sem os macacos, fica difícil saber as áreas de proliferação. A pena pode ser de até um ano de prisão.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar