Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SAÚDE Votorantim não está no mutirão de quinta

Publicada em 22/01/2018 às 22:53
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Agentes fizeram mais uma ação de nebulização no Parque do Matão (Foto: Divulgação)
O Mutirão da Vacina contra a Febre Amarela, organizado pelo governo do Estado de São Paulo para quinta-feira (25), não abordará a cidade de Votorantim. No dia 11 de mês, o município solicitou doses fracionadas, contudo não foi atendido. Agora, espera-se da Secretaria Estadual de Saúde o envio de aproximadamente 40 mil doses da vacina padrão para que a imunização seja ampliada. 
 
Ontem, moradores estiveram na sede da Prefeitura de Votorantim atrás de respostas quanto ao fato de a cidade não estar incluída na força-tarefa. 
 
De acordo com a Prefeitura, desde o início da ação preventiva por conta da confirmação da morte de um macaco pela doença, cerca de 20 mil pessoas já foram vacinadas em Votorantim. 
 
Nesta semana, a vacinação continuará nos dois postos de saúde que já estavam fornecendo as doses, as Unidades Básicas de Saúde do Parque Bela Vista e do Jardim Clarice. 
 
Conforme o governo estadual, os 54 municípios e 15 distritos abrangidos pelo mutirão estão localizados em áreas que não foram alcançadas pelo vírus, mas que estão receptivas, porque integram os corredores ecológicos. 
 
VACINAÇÃO - A Secretaria da Saúde já programou para esta semana a vacinação contra a febre amarela em mais três unidades escolares situadas na área considerada de risco, que fica na região do Parque do Matão. Devem receber a vacina alunos, professores e funcionários de escolas da rede municipal, estadual e particular de ensino.
Nesta quarta-feira (24), a vacinação será aplicada no Colégio "Bela Alvorada", que é particular; quinta-feira (25), na EM “Antônio Marciano”, onde a direção já está mantendo contato com os alunos; e na sexta-feira (26), para os alunos do Colégio “Antenor Tomazi”, também particular. De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, nesses três pontos serão aplicadas cerca de 1,4 mil doses.
 
O Departamento de Vigilância também já manteve contato com a EE “Profº Daniel Verano” e programa para a próxima semana, em data que ainda será definida, a aplicação de cerca de 1,5 mil doses para os alunos, professores e funcionários. As demais unidades situadas naquela região também receberão os agentes da Vigilância para a aplicação das doses da vacina.
 
NEBULIZAÇÃO - Agentes do Centro de Controle de Zoonoses fizeram na manhã desta segunda-feira (22) mais uma ação de nebulização no interior do Parque do Matão. De acordo com laudo do Instituto Adolfo Ltuz, um dos macacos bugios mortos estava contaminado pelo vírus da febre amarela silvestre, que é transmitida pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes.
 
A medida é preventiva e faz parte do protocolo de bloqueio determinado pela Secretaria de Estado da Saúde e Ministério da Saúde para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chicungunha, Zika e também da febre amarela em humanos. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar