Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< AGENDA CULTURAL Paço seleciona candidatos para Residência em Medicina Veterinária do Zoo

Publicada em 08/01/2018 às 19:25
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins da Prefeitura está aplicando nesta segunda (9) e terça-feira (10) as provas de residência em Medicina Veterinária de Animais Silvestres do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”. São 26 inscritos de 19 universidades do Brasil concorrendo a duas vagas.
 
Desde 2004, o Zoo de Sorocaba possui um Programa de Residência em Medicina Veterinária - Animais Silvestres (PRMV-AS), viabilizado através de um convênio de cooperação técnica entre a Prefeitura e a Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho”/Unesp/Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia/Câmpus de Botucatu. O “Quinzinho” possui a primeira residência em Medicina Veterinária de Animais Silvestres aprovada pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária.
 
Nesta segunda-feira, foram realizadas a prova escrita e a análise de currículo; hoje, terça-feira, haverá entrevista e prova prática. O processo de seleção é conduzido pelo Conselho de Residência do PRMV-AS, com representantes da Prefeitura e da Unesp. Os participantes são médicos veterinários formados há, no máximo, dois anos ou cursando o último semestre do curso de Medicina Veterinária, reconhecido pelo Ministério da Educação.
 
O TREINAMENTO - Os selecionados vão atuar no Zoológico “Quinzinho de Barros” durante um ano, a partir d 1º de fevereiro. A carga é de 2.200 horas, das quais 80 a 90% se destinam a treinamento em serviço supervisionado, incluindo plantões, e de 10 a 20% em atividades de seminários, discussões clínicas e reuniões de referatas, em regime de 48 horas semanais, com possibilidade de mais 2.200 horas no segundo ano de programa após avaliação por seus preceptores. A bolsa é de R$ 1.441,72 por mês.
 
Entre as atividades desenvolvidas ao longo da residência, estão dar assistência em todas as modalidades (ambulatorial, hospitalar, plantões médicos) aos animais do Zoológico "Quinzinho de Barros" e/ou da Unesp Botucatu, acompanhando a rotina de atividades gerais da instituição e, em particular, do serviço médico veterinário; auxiliar em atividades teórico-práticas de programas ambientais educacionais promovidos pelo Zoo e/ou Unesp Botucatu, sempre sob orientação e supervisão do preceptor; e estudo dirigido, teórico e/ou prático, sobre assuntos pertinentes e correlacionados a Animais Silvestres e Ecologia em Geral; entre outros.
 
O Parque-Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” é referência na América Latina nas áreas de lazer, pesquisa, educação ambiental e preservação de espécies.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar