Segunda-Feira, 18 de Junho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Orquestra Sinfônica de Araçoiaba da Serra faz Concerto de Natal neste sábado

Publicada em 22/12/2017 às 18:27
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Evento que também já se tornou tradição na vizinha cidade de Araçoiaba da Serra, a Orquestra Sinfônica local (Osas) realiza igualmente ali na noite deste sábado (23) seu Concerto de Natal. A apresentação será realizada às 20h30 na igreja matriz de Nossa Senhora das Dores, localizada na praça Coronel Almeida. De acordo com músico Fabiano de Campos, desde a fundação da Orquestra em 1975 é comum a realização de concertos comemorativos em datas especiais, como Natal e aniversário da cidade. Para este ano, o repertório desta apresentação de Natal está recheado de sucessos,  como “Sonhos de uma noite de verão” (Félix Mendelssohn), a valsa “Danúbio Azul” (Johann Strauss) e ainda a valsa “Lago Azul”, de Luiz Machado, compositor araçoiabano, além das tradicionais músicas natalinas. A regência fica por conta do maestro Rubens Antônio da Rocha Gouvêa.
 
De acordo com Fabiano, a Osas (Orquestra Sinfônica de Araçoiaba da Serra) foi fundada em 1975 pelos maestros Ary Vieira Albuquerque e João Fonseca da Rocha. “Araçoiaba tornou-se nacionalmente conhecida por conta do interesse que os cidadãos locais demonstravam em ajudar a formar sua orquestra”, comentou Fabiano, segundo quem a população e principalmente os artistas amadores de Araçoiaba, ansiosos em fazer parte da recém-criada Orquestra e não tendo recursos suficientes para adquirir um instrumento novo, começaram criativamente a usar os mais diversos materiais e ferramentas para produzir os mais variados instrumentos. “De tábuas de caixa de maçãs (pinho branco) surgia um violino, uma viola; de um robusto tronco de madeira surgia um violoncelo, de um pedaço de taquara surgia uma flauta (pífaro)”.
 
As ferramentas utilizadas eram enxós, formões, goivas, seguetas, machados e até um `embrazado´ espeto era empregado como furadeira. “Esse grande espírito de colaboração comunitária culminou com a escolha da nossa Orquestra na Semana da Pátria de 1979 pelo Cerimonial da Presidência da República como o símbolo da Independência, com o provérbio `Independência se faz com Trabalho´, o que valeu à Osas um concerto especial para o então presidente da República, o general João Batista Figueiredo, no Parque do Anhembi, em São Paulo, no dia 4 de setembro”, relembra Fabiano.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar