Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Sorocaba recebe 41ª Mostra Internacional de São Paulo

Publicada em 11/12/2017 às 18:26
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
CINEMA
 
Um apanhando do cinema contemporâneo mundial: essa é a proposta da 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que será exibida no Sesc Sorocaba, nesta semana, a partir desta terça-feira (12), em sessões abertas a todos os interessados na Sétima Arte e de graça. As principais tendências, temáticas, narrativas e estéticas do cinema contemporâneo estão na Mostra, assim como retrospectivas e clássicos restaurados da história do Cinema. 
 
Até sexta-feira (15), as sessões começam sempre às 19 horas; sábado (16) e domingo (17), serão diversos filmes exibidos no mesmo dia. Os ingressos estarão disponíveis no dia da exibição de cada filme, uma hora antes da apresentação, na própria Central de Atendimento da Unidade, à rua Barão de Piratininga, 555, no Jardim Faculdade.
 
'THE SQUARE' ABRE A MOSTRA – “The Square”, do diretor Ruben Östlund, produção conjunta da Suécia, Alemanha, França e Dinamarca deste ano de 2017, abre a Mostra hoje. Ficção de 142 minutos e recomendação para 14 anos, e4m “The Square” Christian é o respeitado curador de um museu de arte contemporânea e um pai divorciado, mas dedicado, que dirige um carro elétrico e apoia boas causas. Sua próxima exposição é The Square, uma instalação que convida os transeuntes ao altruísmo, lembrando-os de seu papel como seres humanos responsáveis. Mas, às vezes, é difícil viver de acordo com seus próprios ideais: a resposta tola de Christian pelo roubo de seu telefone o leva a situações vergonhosas. Enquanto isso, uma agência de relações públicas criou uma inesperada campanha para promover The Square. A reação é exagerada e conduz Christian, assim como o museu, a uma crise existencial. Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes.
 
Amanhã, quarta-feira (13), é a vez de “Uma Espécie de Família”, direção de Diego Lerman para está produção conjunto da Argentina, Brasil, Polônia e França, também ficção de 2017. Malena é uma médica de classe-média em Buenos Aires. Certa tarde, ela recebe uma ligação do dr. Costas dizendo que ela deve ir imediatamente para o norte do país: o bebê que ela estava esperando está prestes a nascer. De repente e sem pensar, Malena decide partir em uma viagem incerta, cheia de encruzilhadas, nas quais precisa lidar com obstáculos legais e morais. Ela se pergunta constantemente até que ponto está preparada para conseguir o que mais quer. Vencedor do Prêmio do Júri de melhor roteiro no Festival de San Sebastián.
 
“O Jovem Karl Marx” (diretor Raoul Peck - França, Alemanha, Bélgica – 2017 - ficção | 12 anos) é o cartaz de quinta-feira (14) e nele, aos 26 anos, Karl Marx embarca com a mulher, Jenny, para o exílio. Em Paris, eles conhecem Friedrich Engels, filho do dono de uma fábrica que estudou o nascimento do proletariado inglês. Engels traz a Marx a peça que faltava para o quebra-cabeça de sua visão de mundo. Juntos, em meio à censura, greves e agitação política, vão liderar uma completa transformação política e social do mundo. Já na sexta-feira (15), destaque para “O Amante de um dia”, do diretor Philippe Garrel (França, 2017, ficção): história de um pai, sua filha de 23 anos - que volta para casa depois de terminar um relacionamento - e sua nova namorada, que também tem 23 anos e vive com ele.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar