Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA EM Matheus Maylasky comemora 70 anos

Publicada em 24/11/2017 às 18:51
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Emoção. Muita emoção. Este foi o sentimento das pessoas que participaram da comemoração dos 70 anos da EM “Matheus Maylasky”, que aconteceu na tarde desta sexta-feira (24), com o objetivo de resgatar algumas memórias desta longa trajetória.
 
Segundo a diretora da escola, Fabiana Boschetti Nunes, essa celebração acontece tradicionalmente a cada 10 anos. “Existem professores e funcionários que estão na escola há mais de 20 anos, por isso, o tempo e o nosso olhar fazem essa importante tradição perpetuar”, conta.
 
Envolvendo cerca de 800 alunos, entre o 1º e 9º ano, a EM “Matheus Maylasky” apresentou uma mostra cultural com diversas atividades realizadas ao longo do ano. De acordo com a orientadora pedagógica, Gisele Silveira Medeiros, são produções diferenciadas e que foram produzidas pelos jovens. “Foram escolhidas algumas temáticas, como a história da escola, da Estrada de Ferro e sobre as vivências atuais. Os alunos produziram juntos e cada sala ficou com uma caracterização”, conta.
 
Nos corredores da escola e nas salas estavam expostos uniformes de fanfarra, objetos antigos da escola, troféus, e as atividades dos alunos como pinturas, desenhos, fotos e maquetes.
 
Com o propósito de aproximar a história do público, três alunos caracterizados circulavam o ambiente da escola. O aluno Vinícius Miguel da Guia, 13, ficou contente em representar Matheus Maylasky. “É uma experiência muito bacana, assim estou conhecendo um pouco mais sobre a história da escola”. Além de Maylasky, a aluna Elisa Cristina Erano Vaz, 13, se vestiu como esposa de Maylasky e o aluno Davi Wellington Silva, 13, como um jornaleiro da época. “Estou lendo manchetes dos jornais para as pessoas, está sendo muito legal”, disse.
 
Kelen Sueli Pavani, ex-aluna, relembra a história de sua família ao participar deste evento. “É uma emoção muito grande porque são 70 anos de tradição. Aqui estudaram meus avós, meus pais, e, agora, meu filho. O Maylasky fez história através destes anos. Pra gente é uma emoção muito grande, é uma viagem histórica no tempo.”
 
Assim como Kelen, outras pessoas também seguem a tradição de família. Bruno Briqueis de França, ex-aluno da escola, trouxe seus três filhos para fazer parte desta história. “Eu estudei no Maylasky até a oitava série, agora meus filhos estão fazendo o mesmo caminho. Tanto eu, quanto eles, amamos a escola. Espero que ela tenha vida longa”, declara.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar