Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Sábado tem resgate à Bossa Nova no Municipal

Publicada em 13/11/2017 às 19:24
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
MÚSICA INSTRUMENTAL
 
Para a sétima apresentação do Projeto Metso Cultural´2017 – 11ª Temporada de Música Instrumental Brasileira de Sorocaba, o palco do Teatro Municipal, no Parque da Boa Vista, receberá no próximo sábado (18), às 20h30, a apresentação do espetáculo “Na Carreira”, com a cantora Paula Santoro. O show é uma alusão à canção de Chico Buarque que fala sobre o ofício de ser artista, comemorando os 30 anos de carreira de Paula Santoro. Juntamente com seu trio, formado pelos músicos Rafael Vernet (piano, direção musical e arranjos), Guto Wirtti (contrabaixo) e Marco Lobo (percussão), Paula interpreta canções de diversos projetos e CDs que produziu ao longo desses anos. O show é uma compilação de canções de projetos como “Novas Esquinas” (homenagem aos 40 anos do Clube da Esquina) e as homenagens a Elis Regina e a Edu Lobo e à parceria de Baden Powell e Vinícius de Moraes. E ainda seus três mais recentes CDs solo: “Paula Santoro” (Biscoito Fino), “Mar do Meu Mundo” (Borandá) e “Metal na Madeira” (Ridgeway Records-2016 – lançado nos EUA).
 
O Metso Cultural é idealizado e organizado pela MdA International. O show é gratuito e os ingressos serão distribuídos a partir das 19 horas, na bilheteria do próprio Teatro Municipal.
 
PAULA SANTORO - Paula Santoro é uma das maiores intérpretes de sua geração. Ganhou dois Troféus Faísca como melhor cantora de Minas Gerais, foi indicada ao Prêmio Rival Petrobrás de Música na categoria de “Melhor Cantora” e uma das vencedoras do 5° Prêmio Visa Vocal. Já cantou ao lado de Chico Buarque, Guinga, Toninho Horta, Alcione, Flávio Venturini e Nélson Angelo, entre outros. Seu mais recente álbum, “Paula Santoro” (Biscoito Fino), foi distribuído na Europa, Japão, Argentina e por todo Brasil e contou com participações especiais de Chico Buarque e Toninho Horta.
 
Na televisão, dublou a atriz Maria Fernanda Cândido na minissérie “Aquarela do Brasil” (TV Globo) e apresentou-se no programa Som Brasil em homenagem a Ivan Lins, entre outras participações. Recentemente, foi convidada pela cantora e instrumentista Joyce a integrar o elenco de seu programa “No Compasso da História”. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar