Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ENTRETENIMENTO Universo do sal é explorado no Globo Repórter

Publicada em 09/11/2017 às 18:38
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
TELEVISÃO
 
Mocinho ou vilão? O corpo humano não funciona sem sal: o sódio dá sede, faz com que as pessoas bebam água e, consequentemente, eliminem toxinas pela urina. Por outro lado, o excesso do tempero provoca problemas. A pressão alta é um deles: um em cada três brasileiros com mais de 18 anos sofre de hipertensão, doença que pode levar a infarto, derrame cerebral ou AVC. Os efeitos e benefícios do sal são o tema do “Globo Repórter” de hoje, no ar às 22h15, na TV Globo.
 
A repórter Bette Lucchese vai a Porto Alegre entrevistar o casal de médicos Sandra e Flávio Fuchs, que há mais de 20 anos estuda os efeitos do sal no corpo humano. É deles a maior pesquisa sobre hipertensão já realizada no Brasil. Mas o sal que aumenta a pressão também pode ajudar pessoas que sofrem de problemas respiratórios. O “Globo Repórter” mostra uma câmara usada na terapia do sal, conhecida como haloterapia.
 
O soro caseiro, combinação de água, sal e açúcar, também é destacado pelo programa. Florestópolis, no interior do Paraná, já teve alto índice de mortalidade infantil causada pela desidratação. De cada mil nascidos, 127 não completavam o primeiro ano de vida. A situação mudou graças ao soro caseiro, que já salvou 50 milhões de crianças em todo o mundo.
 
Novamente na estrada, a equipe viaja do Rio Grande do Norte, o maior produtor de sal do Brasil, ao Salar de Uyuni, na Bolívia, o maior deserto de sal do planeta. No caminho, muitas histórias e curiosidades sobre o mineral.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar