Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Ação Social conscientiza moradores irregulares

Publicada em 06/11/2017 às 19:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
RESIDENCIAL CARANDÁ
 
Uma Ação Social programada pela Prefeitura, por meio das secretarias de Habitação e Regularização Fundiária, Segurança e Defesa Civil, Assistência Social e também alinhada com a Polícia Militar, foi realizada na manhã desta segunda-feira (6), no Residencial Carandá, direcionada aos moradores irregulares. Por volta das 7 horas, as equipes da Prefeitura, compostas por profissionais da Habitação e Assistência Social e cerca de 40 guardas civis municipais, se reuniram com os policiais militares no Quartel do 7º BPM/I, para definir os últimos detalhes da Ação.
 
No Carandá, com a chegada às 8 horas, tudo estava e permaneceu tranquilo, com os carros da Polícia Militar e mais 10 viaturas da GCM que faziam a segurança do bairro. Foram sete equipes compostas por 6 pessoas que realizaram a visita nos 71 apartamentos que foram constatados como invadidos. A abordagem foi tranquila e, de acordo com as equipes, em todos os apartamentos visitados os moradores atenderam de forma tranquila e ouviram a orientação os profissionais, além de responder aos questionamentos da Polícia.
 
Às 11 horas, a Ação chegou ao fim, com um resultado bem positivo: 62% das famílias se prontificaram a deixar o local de forma espontânea. “O resultado é, sem dúvida, muito bom, pois faz com que a gente pense que valeu a pena o esforço das equipes e mostra a preocupação do Governo Crespo em ajudar estas famílias a compreenderem que elas estão ocupando um espaço que é de outra família tão vulnerável quanto ela”, contou à tarde o secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária, Fábio Camargo.
 
A mesma conclusão chegou o secretário de Segurança e Defesa Civil, Fernando Dini, com sua equipe liderada pelo subcomandante Alexandre Vieira, da GCM, detendo, inclusive, um menor. “Terminamos com grande êxito. Um trabalho que certamente vai ajudar a PM e quem sabe possa evitar uma reintegração de posse tumultuada. Também detivemos um menor por tráfico de drogas, mostrando que nossa equipe está prezando pela segurança do munícipe”, concluiu.
 
A Polícia Militar também aproveitou a ocasião para falar dos protocolos que são realizados antes da reintegração de posse, determinada pela Justiça.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar