Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ECONOMIA Falta de pesquisa pode levar a valores exorbitantes, diz Procon

Publicada em 31/10/2017 às 22:40
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Arquivo/Fernando Rezende)
O Procon aconselha os consumidores que estão adquirindo flores para homenagear seus mortos tanto em lojas especializadas e comércios, como de ambulantes nas cercanias dos cemitérios, a pesquisar os preços e evitar pagar valores exorbitantes. Uma pesquisa do Sindicato do Comércio Varejista de Flores e Plantas Ornamentais do Estado de São Paulo (SindiFlores) revela, aliás, otimismo para o movimento do setor gerado por este Dia de Finados 2017.
 
Os dados indicam que 54% das empresas varejistas de flores e plantas ornamentais entrevistadas acreditam que as vendas deste ano serão maiores que as do ano passado, com o índice médio de expansão em 7,92%. O consumo de flores, segundo as empresas consultadas, deverá ficar em R$ 24,55, o que indica um decréscimo de 11,8% em relação ao ano passado, praticamente restabelecendo o patamar já gasto há três anos.
 
Os crisântemos lideram historicamente a preferência de compra no momento de prestar homenagens aos parentes e amigos falecidos. Segundo a pesquisa divulgada pelo SindiFlores, essas plantas chegarão a representar 54% das vendas setoriais no varejo; as orquídeas devem conquistar 2% dos consumidores e as rosas, 14%.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar