Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Em Busca do Pássaro Azul tem temporada no Parque da Biquinha

Publicada em 25/10/2017 às 18:56
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
TEATRO INFANTIL
 
A Cia. Teatral Mistura de Gente apresenta aos sábados e domingos, até 12 de novembro, sempre às 14h30, incluindo o feriado religioso de quinta-feira da semana que vem, dia 2 de novembro, Finados, a montagem “Em Busca do Pássaro Azul”, no Parque da Biquinha, localizado na avenida Comendador Pereira Ignácio, 1.112, à entrada do Jardim Emília/Jardim Sandra. Contemplado com a Lei de Incentivo à Cultura (Linc) do Município, o espetáculo adapta o texto “O Pássaro Azul”, de Maurice Maeterlinck, um marco do movimento simbolista, e completa a trilogia de encenações itinerantes que ocupam o Parque da Biquinha desde 2009. A entrada é gratuita e recomenda-se o uso de calçados confortáveis e roupas leves e que todos levem suas garrafinhas com água. O espetáculo é ao ar livre – portanto, em caso de chuva não haverá encenação.
 
“Em Busca do Pássaro Azul” conta a história de Mytyl e Tyltyl, dois irmãos que são incentivados pela fada Berylune a partirem em busca de uma mítica ave de penas azuis que representa a felicidade. Ao lado da gata Tylete e do cachorro Tylô e da personificação de elementos e coisas, as crianças descobrirão uma incrível jornada repleta de perigos e emoções. Na trajetória dos heróis, Mytyl e Tyltyl percorrem lugares inusitados em busca do pássaro azul, como o País da Saudade, no reencontro com os avós mortos; o Jardim das Felicidades Gordas, onde se deparam com os prazeres terrenos e seus excessos; o sombrio e misterioso Vale das Trevas, onde vive a Rainha da Noite, guardiã das chaves das portas dos medos, cóleras, guerras e mistérios; o encontro com os elementos vitais que regem a natureza; a passagem pela floresta dos carvalhos e a viagem ao País do Futuro, onde o poderoso Tempo, senhor de toda razão, decide a hora de nascer e viver... Ou seria morrer?
 
A peça completa a trilogia de espetáculos da Cia. Mistura de Gente, que teve início em 2009, com “Diz a Lenda”, e prosseguiu em 2013, com “Pela Trilha de OZ”, ambos realizados com o apoio da Linc e cujo objetivo era pesquisar os espaços não convencionais ao teatro em meio ao ambiente das paisagens naturais das trilhas do Parque da Biquinha, como elemento determinante do processo de criação e encenação de espetáculos itinerantes. De acordo com Ricardo Devito, diretor e produtor do espetáculo, embora as histórias sejam independentes, o “Pássaro Azul” representa ao grupo a celebração de um processo criativo que aproxima o público sorocabano de uma série de experiências sensoriais junto às paisagens do Parque. “A proposta de uma encenação itinerante é promover a valorização de espaços que, embora abertos ao público, muitas vezes têm seu potencial de lazer, turismo e cultura pouco explorados. Desta maneira, conseguimos, por meio do teatro, integrar o valor destas locações à pesquisa, concepção e apreciação teatral”, explica o produtor. 
 
A CIA MISTURA DE GENTE - A Cia Teatral Mistura de Gente teve sua formação em 2003, ao final de um curso livre de teatro desenvolvido pela Oficina Cultural Regional “Grande Otelo”, quando após a conclusão deste primeiro trabalho os componentes do grupo decidiram se dedicar à formação de um núcleo de pesquisa e estudo teatral. Após 14 anos de atuação, o grupo segue suas atividades. Seus integrantes apresentam efetiva participação no movimento artístico e cultural da cidade, aprimorando seus conhecimentos através de cursos, oficinas e formação profissional em teatro.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar