Sábado, 21 de Outubro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ENTRETENIMENTO Manual de travessuras diverte em longa nacional

Publicada em 11/10/2017 às 22:36
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
CINEMA
 
O apresentador Danilo Gentili descreve o filme “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola” como uma “Sessão da Tarde” politicamente incorreta. Com humor ácido, situações da vida adolescente e presenças ilustres na telona, a nova comédia nacional tem tudo para conquistar o público.
 
A história gira em torno de Pedro, um estudante que, enquanto se desespera para conseguir ser aprovado, encontra um velho manual perdido. Nele, as mais insanas dicas para travessuras no colégio são descritas, o que incentiva o jovem a ‘aprontar todas’.
 
Para todos que já foram adolescentes, é fácil identificar-se com os personagens da trama, pois há uma ampla visão dos típicos grupos presentes em salas de aula; os adultos devem sentir até certa saudade dos tempos estudantis.
 
Baseado em um livro homônimo de Danilo Gentili, o maior destaque do filme talvez seja no elenco que conseguiu reunir. Moacyr Franco, pouco presente no cinema brasileiro, ganha espaço como Seu Olavo, enquanto Carlos Villagrán, o eterno Quico do seriado mexicano “Chaves”, incorpora um diretor malvado; vê-lo em outro personagem e esforçando-se para falar Português é uma ótima experiência.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar