Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Dia das Crianças deve seguir desempenho de outras datas Vendas devem crescer 8% neste mês, na comparação com ano passado

Publicada em 03/10/2017 às 18:35
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Arquivo/Fernando Rezende)
COMÉRCIO
 
As vendas do Dia das Crianças, 12 de outubro, também dia da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, tendem a acompanhar o bom desempenho de outras datas comemorativas, como foi o Dia das Mães, dos Pais e dos Namorados, estima o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Sorocaba, Fernando Soranz. 
 
As saídas no varejo no Estado de São Paulo devem crescer, neste mês, 8% na comparação com o mesmo período de 2016, segundo projeção da Fecomercio-SP. O faturamento real está estimado em R$ 54,3 bilhões. 
 
Segundo o Sindicato, esse desempenho mensal não está necessariamente vinculado ao comportamento específico das vendas decorrentes de compras para o Dia das Crianças, que tem reflexo direto e restrito a alguns segmentos, como o de brinquedos e de vestuários, fora a curta duração – dez primeiros dias do mês. 
 
“Como em todas as demais datas comemorativas, é de difícil apuração o volume de compras destinado exclusivamente para presentes da data, o que inviabiliza contar com dados comparativos de evolução específica desse período ao longo dos anos”, explica o Sindicato.
 
Essa elevação no total das vendas do mês é um pouco superior à média que o varejo vem mostrando até junho. Segundo o Sindicato, outubro do ano passado foi o único mês do segundo semestre em que as vendas caíram (-1%).
 
Isso vale também para algumas atividades. As vendas de veículos, por exemplo, tendem a crescer 16%. No entanto o setor vem de uma queda de 23% em outubro de 2016, período inicial da crise, comparativamente a outubro de 2016. O mesmo se dá com Eletrodomésticos e Eletrônicos que, seguindo a projeção, devem mostrar alta de 14% e no período de 2014 e 2016 caiu 29,5%.
 
“Fora isso, o conjunto de variáveis econômicas que afetam a decisão de compra melhorou significativamente se comparado com o mesmo período do ano passado”, diz o Sindicato. 
 
 
Bicicletas e brinquedos nas opções de presentes 
 
Segundo levantamento feito pela Fecomercio, a partir dos dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, do IBGE, os pais terão muitas opções vantajosas na hora de presentear no Dia das Crianças, já o que preço de alguns itens caíram ou subiram abaixo da inflação geral no acumulado dos últimos 12 meses até agosto, que atingiu 2,46%.
 
A boa notícia é que os preços da bicicleta e dos brinquedos, itens preferidos pelas crianças, subiram 0,68% e 1,36% pela ordem em relação a agosto do ano passado. Para quem busca itens de maior valor agregado, os instrumentos musicais e o microcomputador estão 6,97% e 15,51% mais baratos.
 
Entre os itens de vestuário, apenas o conjunto infantil apresentou queda nos preços no período (2,36%), enquanto o preço do agasalho infantil (3,02%), da bermuda infantil (2,96%), da camisa infantil (2,75%), subiram acima da inflação média; já a calça comprida infantil e o vestido ficaram 0,5% e 1,08% mais caros que no ano passado. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar