Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Começa preparação para comemorações de 20 anos do Museu da Estrada de Ferro Sorocabana

Publicada em 28/09/2017 às 18:13
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
O projeto “Trilhando memórias – histórias, espaços e a expansão da Estrada de Ferro Sorocabana” foi aprovado e selecionado no Edital Programa de Ação Cultural 18/2017 (ProAC) – Difusão de Acervos Museológicos, e teve o contrato assinado no último dia 20 pela proponente parceira, Larissa Rizzati Gomes, junto à Secretaria de Estado da Cultura, em São Paulo.
 
A proposta, que fará parte das comemorações de 20 anos do Museu da Estrada de Ferro Sorocabana (MEFS), foi elaborada em conjunto com a equipe da Pró-História – Projetos Culturais por Rafael Barbi e da Secretaria de Cultura e Turismo pela museóloga Daniella Moreira, e tem como objetivo a concepção de uma exposição de curta duração que abordará a história da ferrovia sob um viés que mostre os espaços e entorno das estações e cidades, que receberam a antiga Estrada de Ferro Sorocabana, além de valorizar a experiência dos antigos funcionários e pessoas que usufruíram do trem.
 
A ideia é de que a exposição seja itinerante, de modo que fique à disposição dos museus de cidades da região que se interessem em contar e mostrar a história da Estrada de Ferro Sorocabana. Após o contrato assinado, os pesquisadores iniciarão a pesquisa. A exposição pronta deve ser apresentada no próximo ano.
 
Para a semana comemorativa ao aniversário de 20 anos do Museu da Estrada de Ferro, a museóloga Daniella Moreira adianta que pretende fazer uma programação especial e apresentar ao público o andamento da pesquisa do projeto contemplado.
 
O ProAC
 
Criado em 2006, o Programa de Apoio à Cultura na modalidade “Concurso/Editais” tem o objetivo de fomentar e difundir a produção artística em todas as regiões do Estado de São Paulo. Expressões culturais são contempladas anualmente, e os editais funcionam como concursos, os projetos inscritos são avaliados por uma comissão de profissionais. Os projetos selecionados no ProAC devem obrigatoriamente oferecer contrapartidas, na forma de exibição a preços populares ou gratuitos.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar