Terça-Feira, 26 de Setembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Gildo In Concert volta ao palco da Fundec com o Coro Infantil

Publicada em 25/08/2017 às 23:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Em reapresentação neste domingo (27), em duas sessões, às 15 e 17 horas,o Coro Infantil da Fundec, sob a regência da maestrina Sandra Sanches,retorna ao público sorocabano com a contação de história da contadora Monisa Maciel, que irá narrar a história de Gildo, elefante fantástico e corajoso, personagem do livro infantil homônimoda escritora e ilustradora local Silvana Rando, autora de livros para crianças quecomeçou a trabalhar como ilustradora em 2006 e tem mais de quarenta títulos ilustrados. Em 2011, ganhou o Prêmio Jabuti, na categoria Ilustração de Livro Infantil.
 
O concerto, apresentado pela primeira vez por ocasião do encerramento do semestre e que fez grande sucesso com as crianças e adultos, com a escritora,de uma forma lúdica,trazendo momentos de reflexão sobre situações que todas as crianças passam, volta, assim, para abrilhantar novamente o palco da Sala Fundec. O Coro Infantildo Instituto Municipal de Música de Sorocaba (IMMS), administrado pela Fundec, conta com 70 vozes, dentre elascrianças e adolescentes de 9 a 14 anos que participam cantando e ilustrando todo o desenrolar da história que é ricamente narrada pela contadora de história Monisa Maciel. O coral é acompanhado pelo músico Daniel Guimarães que, além de pianista e arranjador, também é compositor e escreveu para este evento três canções especialmente para Gildo: “Gildo”, “Gildo e a Bexiga” e “Parabéns, Gildo!”, de Daniel Guimarães. No repertório, estão ainda “O Som da Pessoa”, de Gilberto Gil e Bené Fonteles; “Fantasma”, de Magda Pucci; “O Relógio”, de Paulo Soledade e Vinícicius de Moraes, e “O Vento” de Cezar Elbert.      
  
Os ingressos remanescentes custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia-entrada), à venda a partir das 14horas de amanhã, na própria Fundec (rua Brigadeiro Tobias, 73 - Centro).
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar