Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Brasil se despede de Luiz Melodia

Publicada em 04/08/2017 às 17:33
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Morreu na madrugada de sexta-feira (4), aos 66 anos, o cantor e compositor Luiz Melodia, em decorrência do agravamento de um câncer na medula óssea. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do músico, que estava internado no Hospital Quintas D'Or. O velório foi feito na quadra da Escola de Samba “Estácio de Sá”.
 
Nascido no Morro do Estácio, na zona central do Rio, em 1951, Luiz Carlos dos Santos era filho do sambista Oswaldo Melodia e começou a carreira musical em 1964, quando formou a banda Os Instantâneos.
 
Tocando no morro, foi descoberto pelo poeta Wally Salomão, que o apresentou à cantora Gal Costa. Ela gravou a música "Pérola Negra", de Melodia, no disco "Gal a Todo Vapor", de 1972. Depois, Maria Bethânia gravou "Estácio", "Holly Estácio" e Melodia lançou o primeiro disco, "Pérola Negra", em 1973.
 
Entre as canções de sucesso de uma consolidada carreira no Brasil e no exterior, estão também “Codinome Beija-Flor”, “Negro Gato”, “Juventude Transviada” e “Ébano”. Em mais de 40 anos de carreira, gravou 16 discos e teve participação em trilhas sonoras de 15 novelas ou minisséries.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar