Quinta-Feira, 17 de Agosto de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Mostra traz 10 maquetes de casarões sorocabanos

Publicada em 02/08/2017 às 19:25
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
ARQUITETURA
 
Uma mostra – “Cenários da Memória” -, com dez maquetes que retratam Sorocaba desde a época de sua fundação, em fins de 1654, até 1930, será aberta ao público a partir desta sexta-feira (4), no salão de exposições da Fundec, à rua Brigadeiro Tobias, 73 , Centro, passando depois pela Biblioteca Municipal, Casarão de Brigadeiro Tobias e Biblioteca “Aluísio de Almeida”, da Cidade Universitária, da Uniso, na Rodovia Raposo Tavares. A inauguração oficial está marcada para as 19h30, com explanação do pesquisador José Rubens Incao, diretor da Biblioteca Infantil, sobre a história da cidade e sua ligação com as peças apresentadas.
 
O responsável por este resgate é o artista plástico Santiago Ribeiro, que desde muito novo, aos 6 anos de idade, se encantou com as artes visuais por conta dos desfiles das escolas de samba de Sorocaba em sua época de ouro. Para o artista, este espaço de mais de 350 anos desperta um sentimento saudosista e a vontade de recriar, através da arte que mais domina, este cenário da nossa história. Ele espera que a reação do público diante deste mapa chamado de "Cenários da Memória" desperte ainda a curiosidade e, acima de tudo, a nostalgia. "O trabalho da exposição é o extrato de uma pequena jornada de viagens virtuais e narrativas de familiares e historiadores realizadas durante todo o processo de pesquisa, para que o mesmo ganhasse vida. Assim, acredito que estes trabalhos estejam alinhados a qualquer perfil de público e possam motivar a muitos", destaca Santiago.
 
OS CASARÕES - Estão na exposição, também integrando as comemorações alusivas ao 363º aniversário de fundação de Sorocaba, festejado a 15 de agosto, dez obras feitas em papelão, madeira e diversos outros tipos de materiais. São destacados o casarão de Baltazar Fernandes, o fundador, construído em 1654; a Estação Ferroviária; o antigo sobrado da Câmara Municipal e Cadeia, onde hoje se encontra a agência dos Correios, na rua de São Bento, esquina com a rua Padre Luiz; o Mosteiro São Bento; a antiga igreja de Santo Antônio, localizada no largo do Mercado, erguida no século 19 e demolida em 1950; o Casarão de Brigadeiro Tobias; Chácara do Quinzinho, com o casarão que sedia hoje o Museu Histórico Sorocabano; Capela do Divino, construída por devoção dos tropeiros em 1887; rua das Flores - atual rua Monsenhor João Soares e que era o principal corredor comercial do centro de Sorocaba; e Mercado Municipal. 
 
Na Fundec, a mostra fica até 31 de agosto.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar