Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Greve no transporte está suspensa até quarta

Publicada em 13/07/2017 às 12:22
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Germano Schonfelder)
A greve no transporte urbano está suspensa até quarta-feira (19), informa o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região. Ainda segundo a entidade, a medida se dá com o comprometimento de que a Prefeitura apresente o acordo, baseado no que foi feito em Votorantim.
 
Assim, na quarta-feira será feita uma assembleia e o Sindicato responderá se aceita ou não a proposta da Prefeitura.
 
Anteriormente, a greve estava suspensa até a madrugada desta sexta-feira (14).
 
Ontem, representantes do sindicato e vereadores se reuniram para discutir soluções para a paralisação. O encontro se deu nas dependências da Casa Legislativa.
 
De acordo com o Sindicato, os vereadores teriam 24 horas para discutirem com o prefeito José Crespo (DEM) uma força-tarefa para tentar resolver o impasse trabalhista. 
 
A reunião foi agendada após os trabalhadores terem feito uma manifestação na sessão da Câmara desta terça-feira (11), quando pediram a mediação dos vereadores na discussão da campanha salarial da categoria.
 
 Na ocasião, o presidente da Casa, Rodrigo Manga (DEM), disse que os vereadores estavam discutindo a possibilidade de repassar recursos economizados pelo Legislativo para as operadoras do transporte urbano para que seja concedido o reajuste salarial.
 
Já o prefeito se manifestou por meio de um ofício quanto à intenção do Legislativo em destinar parte da economia de suprimentos financeiros da Casa para sanar o déficit do transporte coletivo e promover o pagamento do reajuste salarial dos motoristas, porém adianta que irá pedir análise jurídica quanto à legalidade de tal doação.
 
De acordo com o documento enviado ao presidente da Casa para justificar a sua ausência e a de representantes da Urbes – Trânsito e Transportes na reunião, Crespo louvou o gesto tomado por Manga de doar R$ 8 milhões do suprimento financeiro da Câmara e respondeu que, nada impedindo tal doação ao caixa único do Sistema de Transporte Coletivo, aceita tal medida, que poderá minorar déficit do sistema. Hoje esse déficit é de mais de R$ 20 milhões, valor herdado em razão de inadimplências praticadas pelo governo anterior.
 
No entanto o prefeito solicitou a Manga que oficializasse a oferta, ainda na quarta-feira, em nome da Mesa Diretora da Câmara, o valor financeiro que poderá doar e data em que ele poderá ser transferido ao caixa único da Urbes.
 
Para que essa doação seja efetivada, o prefeito ressalta que será necessária análise técnica e jurídica tanto da Urbes quanto da Prefeitura. Após essa análise e decisão, e sendo ela favorável à doação, o prefeito manifestou-se disposto a comemorar tal ato em cerimônia a ser agendada.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar