Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Crespo vai ao TRT para pedir antecipação do julgamento da greve Sindicato da categoria anunciou a suspensão temporária da greve até sexta-feira

Publicada em 12/07/2017 às 12:17
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Germano Schonfelder)
O prefeito José Crespo irá, na tarde desta quarta-feira (12), ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, em Campinas, para solicitar ao órgão a antecipação do julgamento da ilegalidade da greve do transporte público municipal.
 
O presidente do Tribunal, Fernando da Silva Borges, aceitou receber o prefeito. Segundo a Prefeitura, Crespo já vinha tentando agendar uma reunião desde que a greve foi deflagrada pelo Sindicato. "A intenção do prefeito é pedir ao TRT celeridade no julgamento da ilegalidade da greve, para que o movimento seja encerrado o quanto antes", diz em nota.
 
O TRT da 15ª Região determinou que, durante a paralisação de ônibus em Sorocaba, seja mantida 70% da frota em horários de picos (das 6 às 9 e das 17 às 20 horas) e 50% nos demais horários de cada empresa concessionária, sob pena de desobediência e de multa diária de R$ 120 mil, além da aplicação das penalidades de cancelamento do registro do requerido.
 
Desde o início da greve dos motoristas em Sorocaba, a Urbes – Trânsito e Transportes e as empresas concessionárias Consor e STU registraram 21 boletins de ocorrências junto à Polícia Militar (PM) e à Polícia Civil (PC) e três registros de ocorrência junto à Guarda Civil Municipal (GCM) envolvendo diferentes práticas irregulares por parte do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região. 
 
Deste total, nove boletins de ocorrência são por não cumprimento da frota mínima. O sindicato da categoria anunciou a suspensão temporária da greve até sexta-feira na expectativa de que haja nova proposta. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar