Sábado, 23 de Setembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< AGENDA CULTURAL Música de Câmara com o Duo Favoriti na Casa Aluísio de Almeida

Publicada em 30/06/2017 às 10:46
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Formado pelas violonistas Patrícia Nogueira e Dagma Eid, o Duo Favoriti apresenta um repertório eclético para dueto de violões com obras de Mozart a Zequinha de Abreu em concerto de música de câmara marcado para a noite desta sexta-feira (30), às 20 horas, no auditório da Casa “Aluísio de Almeida”, sede do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba, à rua Ruy Barbosa, 84, no Além-Ponte. A entrada é gratuita.
 
Patrícia e Dagma tocam juntas desde 1996, com o objetivo de divulgar os compositores violonistas do período clássico-romântico que utilizavam a guitarra terza em suas obras. A expressão `favoriti´ surge em algumas publicações originais da época para identificar a predileção por temas que fazem parte do repertório do duo e são interpretadas em réplicas da guitarra romântica- um modelo Lacôte de 1830. Seu trabalho artístico busca referências na história do instrumento e nos principais duos de violão, como o duo Llobet-Anido, interpretando alguns arranjos do mestre catalão Miguel Llobet. 
 
O duo tem se dedicado, atualmente, ao registro fonográfico de obras dos compositores brasileiros e à divulgação do projeto de lançar seu primeiro álbum no final deste ano.Patrícia Nogueira é formada em Violão e Aperfeiçoamento pelo Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”, de Tatuí, assim como Dagma Eid, que também é bacharel em Violão pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e mestre em Música pela Universidade de São Paulo (USP), com pesquisa sobre as canções catalãs do violonista Miguel Llobet. Gravou ainda os CDs "Vê se te Agrada" e "Octopus convida".
 
No repertório do Duo Favoriti desta noite, estão, de E. Lopes, Cantabile/Huerba/Dois Amigos; deJ. de Paula, Dança Paraguaia/Sambalanço; deG.. Ribeiro, Inflexão Modinheira/O gás Chegou; de Zequinha de Abreu,Tico-tico no fubá; deWaldir Azevedo, Brasileirinho; deF. Mendelssohn, Canção sem Palavras; de C. Daquin,Le Cou-Cou; deW.A. Mozart, Minueto da Sinfonia nº 39,e deTchaikovsky (1840-1893),Humoresqueop 10, nº 2.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar