Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SAÚDE 32% dos pacientes faltam ao mutirão de catarata Para as cirurgias de catarata, a fila de espera para as avaliações cirúrgicas tem mais de 4 mil pedidos

Publicada em 29/05/2017 às 12:00
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Secom)
Em pouco mais de um mês de triagens, exames e cirurgias no Mutirão da Catarata, promovido pela Secretaria da Saúde da Prefeitura, 178 pessoas já foram operadas, mas o índice de faltas de pacientes agendados é de 32%. As ausências prejudicam o serviço que vem sendo executado pelo Banco de Olhos de Sorocaba por meio de contrato com a Prefeitura, mas não são uma novidade visto que o não comparecimento de pacientes a consultas e exames agendados na rede municipal da saúde é um problema conhecido.
 
Especificamente para as cirurgias de catarata, a fila de espera para as avaliações cirúrgicas tem mais de 4 mil pedidos. Desde 13 de abril, quando começaram as triagens, foram agendados 690 pacientes e 468 foram atendidos, uma taxa de 67% de comparecimento e de 32% de ausências. Do total de pessoas atendidas, 319 tiveram indicação cirúrgica e as demais não tiveram confirmação deste tipo de demanda; 89% dos que confirmaram a necessidade de operar já tiveram liberação médica para o procedimento, sendo 178 que passaram pela cirurgia. O restante precisa aguardar estabilização clínica para autorização médica do procedimento.
 
Desde 13 de abril estão sendo feitas 50 triagens por semana e no dia 6 de maio foi realizado um mutirão com 400 triagens agendadas. Neste evento, que ocorreu num sábado, uma equipe de 35 profissionais, entre médicos, equipe de enfermagem e de apoio, do Banco de Olhos de Sorocaba, estava a postos para avaliar 400 pessoas, mas o índice de faltas também ficou na casa dos 30%.
 
“Lamentamos que as pessoas contatadas e agendadas para esse atendimento tão importante não compareçam. Esta falta desperdiça o serviço, uma vez que outra pessoa deixou de ser colocada naquela vaga”, comentou o secretário da Saúde, Rodrigo Moreno. Para tentar reduzir o índice de faltas, durante os contatos para agendar os atendimentos, a equipe da central de regulação de vagas da Prefeitura tem reforçado aos pacientes a importância de só confirmar atendimento se puder comparecer.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar